segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Mais marmelada a vista na Fórmula 1?

Que toda modalidade esportiva nos dias de hoje virou muito mais negócio que competição nós já estamos carecas de saber mas confesso que ao tomar conhecimento de uma investigação que a FIA está instaurando a respeito de um acidente na prova de Singapura no ano passado me estarreceu um pouco. Vamos aos fatos.

Foi ventilado ontem ainda durante a transmissão do GP da Bélgica de F1 que a FIA está investigando o acidente de Nelsinho Piquet (sim, esse mesmo que foi demitido da equipe Renault este ano sob alegação de não corresponder técnicamente ao esperado e que alardeaou aos quatro cantos que foi "sacaneado" pelo chefão da escuderia) no GP noturno de Singapura no mundial do ano passado. Todos lembramos que neste GP Nelsinho bateu seu carro e provocou a entrada do safety car, fazendo com que a estratégia masoquista de Alonso desse certo e este vencesse a corrida na ocasião. A alegação da FIA (inclusive já levantado por alguns logo após o GP do ano passado, Felipe Massa inclusive) é que o acidente foi premeditado pela equipe Renault e que Nelsinho havia batido o carro de propósito (sim, vocês entenderam direito, ele socou o carro causando um acidente de propósito!) em prol de seu companheiro de equipe. Lembremos ainda que neste GP Felipe Massa, ainda lutando pelo título do mundial de pilotos, teve sua corrida prejudicada pela equipe Ferrari quando entrou nos boxes em virtude do safety car, fazendo com que muitos acreditem que ele perdera a corrida e o mundial nesta ocasião.

Mas o que eu queria mesmo discutir é a falta de ética e amor próprio de um piloto que, caso tenha confirmada a acusação, teria ao ocasionar um acidente proposital na corrida, colocando sua vida e a de outros em perigo! A que ponto chegou o tão fadado "business" (roubando palavras do Vice de futebol do Corínthians Mario Gobbi) do esporte em geral? As declaração de Nelsinho ao ser demitido da escuderia perderiam até o sentido uma vez que ele se sujeitou a tamanha sujeira! Caso se confirmem tais informações eu sinceramente espero que Nelsinho e todos que participaram da falcatrua, Alonso e equipe Renault inclusive, tivessem punições exemplares a ponto de serem desclassificados do mundial atual ou mesmo banidos do esporte, mesmo que por um determinado período de tempo! E pior, caso se confirmem tais acusações, será que poderemos confiar em mais alguém do meio? E com relação ao esporte? Depois do arquivamento do caso da máfia do apito no campeonato brasileiro de futebol e agora estas acusações (sem lembrar a marmelada da Ferrari que obrigou Rubinho a deixar que Schumacher o ultrapassasse quando ele vencia o GP e Schumi era segundo colocado) será que poderemos voltar a assistir a corridas e torcermos sabendo que os resultados podem estar arranjados? Eu deixo aberto a todos que queiram das suas opiniões a caixa de comentários do blog, pois eu estou indignado demais pra continuar...

domingo, 30 de agosto de 2009

Agradecimentos!!

Prometo que este será um post bem rápido. Na verdade será mesmo um singelo agradecimento aos leitores e leitoras deste blog que, se iniciou no final de fevereiro e neste final de semana ultrapassou a marca de 1000 visitas. Muitos podem achar que é pouco mas eu mesmo nem acreditava que alguém pudesse ler o que iria ser escrito aqui e portanto é de certa forma um motivo de orgulho. Me comprometi em vir aqui e tentar ao máximo atualiza-lo e escrever assuntos interessantes e relevantes a todos que por ventura passariam por aqui.

Fica então o meu muito obrigado e que, juntos caminhemos para que venham 2000, 3000 visitas e que juntos possamos compartilhar nossas idéias a respeito de tudo que for escrito por aqui.

Abraços!!!

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Vinhos da uva-símbolo do Chile ganham destaque em evento

Carlos Alberto Barbosa Especial para o site Terra

Anualmente a Pro Chile, agência que promove exportações chilenas no mundo, realiza no Brasil uma série de ações que buscam dar visibilidade aos negócios internacionais envolvendo os dois países. Não é à toa que faz parte das ações um evento de degustações de vinhos que percorre, anualmente, mais de uma capital brasileira. Em São Paulo, por exemplo, na última quarta-feira, dezenas de produtores chilenos, com ou sem importadores no Brasil, ofereceram ao público especializado degustações de diversos rótulos, entre eles, foi possível provar uma grande diversidade de exemplares elaborados a partir da Carmenère. Desde cortes até vinhos produzidos exclusivamente com ela em diferentes faixas de preço. A uva passa do anonimato para embaixadora do vinho chileno no mundo.

Entre os vinhos chilenos disponíveis, os da uva Carmenère tornaram-se emblemáticos. Tornou-se rapidamente a uva símbolo do Chile, apesar do seu cultivo ser ainda um tanto modesto no país quando comparado a outras castas tintas. A Carmenére ocupa hoje uma área cultivada de aproximadamente sete mil hectares, enquanto Cabernet Sauvignon tem 40 mil e o Merlot, 13 mil hectares.

Sua fama não se deve ao tamanho da área cultivada, mas sim à própria peculiaridade de sua existência. Dada como casta em extinção, após a disseminação da filoxera, praga que dizimou vinhedos na Europa no século XIX, a Carmenére foi redescoberta no Chile em meados dos anos 90, quando o pesquisador francês Jean-Michel Boursiquot a identificou, diferenciando de variantes da uva Merlot, no caso a Merlot Chileno. Essa identificação, conforme escreveu Anthony Rose em artigo para a revista britânica Decanter, gerou, inicialmente, certo temor em declarar no rótulo que o vinho era elaborado com uvas Carmenère, principalmente após tantos anos de rótulos com o nome Merlot encobrindo a nova casta identificada. Em 1996 a Viña de Martino lançou o primeiro rótulo de varietal Carmenère, o Santa Ines Carmenère. Daí em diante foi caminho sem volta. Em 1998, a Carmenère foi oficialmente reconhecida pelas autoridades chilenas, e em 1999 os vinhos da casta já eram exportados para a Europa.

Os vinhedos de Carmenère passam então a receber os cuidados e aprimoramentos técnicos das demais castas já consagradas, resultando em vinhos de qualidade. Ao sair do papel de coadjuvante na elaboração de cortes de muitos dos grandes vinhos para assumir um papel solo, a uva também ganhou status de representante dos vinhos do Chile.

Negócios
O Chile é hoje o principal fornecedor de vinhos importados para o mercado brasileiro. Em 2008, segundo dados da Instituto Brasileiro do Vinho (INBRAVIN), o Brasil importou perto de 58 milhões de litros de vinho, dos quais quase 19 milhões eram chilenos. Esses números colocam o Brasil como quarto principal destino do vinho chileno no mundo em volume de exportação.

Segundo Ricardo Moyano Monreal, Diretor Comercial da Embaixada do Chile no Brasil, "o Brasil é o terceiro parceiro comercial do Chile, e o Chile é o sétimo do Brasil". É bem verdade que boa parte delas passa pela mineração, mas o vinho não fica atrás.

Embora o País esteja entre os dez produtores mundiais de vinho, a bebida, segundo relatórios da Pro Chile, ocupa algo como a vigésima posição no ranking de produtos de exportação do país. Mas então, porque trabalhar o vinho em eventos de promoção das exportações chilenas?

Eu arriscaria dizer que além dos interesses comerciais é também uma questão de imagem. Caso pergunte a um brasileiro que transite entre as prateleiras de um supermercado sobre o que lhe vem à mente quando se menciona o nome de país andino, quase certo que sua resposta será vinho, e não cobre. Ou seja, mesmo sendo o cobre uma importante fonte de receita para o Chile, sua marca na memória do brasileiro comum é o vinho.

Dicas
- Carménère 2007
Produtor: Viña Casa Tamaya
Preço: R$ 28
Importadora Del Maipo - (61) 3363-8779

- Cantaluna Carmenère 2006
Produtor: Viña Cantaluna
Preço: R$ 26
Importadora: ADD Wines - (11) 4496-5858

- Antaño Carmenère 2008
Produtor: Hugo Casanova
Preço: R$ 23
Importadora Winery - (11) 3345-1950

UEFA Champions League 2009/10


Foi realizado hoje pela UEFA o sorteio dos grupos para a primeira fase da Champions League. A maior surpresa, ao menos para nós brasileiros, será o reencontro de Kaká hoje no Real Madrid com seu ex-clube, o Milan logo na primeira fase da competição. Vale lembrar que muito disto se deve em função do Real Madrid ter sido rebaixado para os potes de número dois em virtude de suas últimas participações pífias na copa.

E os grupos ficaram assim:

Grupo A
Bayern de Munique, Juventus, Bordeaux e Maccabi Haifa (Israel)

Grupo B
Manchester United, CSKA Moscou, Besiktas e Wolfsburg

Grupo C
Milan, Real Madrid, Olympique Marselha e Zürich (Suíça)

Grupo D
Chelsea, Porto, Atlético de Madrid e APOEL (Chipre)

Grupo E
Liverpool, Lyon, Fiorentina e Debrecen (Hungria)

Grupo F
Barcelona, Inter de Milão, Dínamo de Kiev (Ucrânia) e Rubin Kazan (Rússia)

Grupo G
Sevilla, Rangers, Stuttgart e Unirea Urziceni (Romênia)

Grupo H
Arsenal, AZ Alkmaar, Olympiacos (Grécia), Standard Liège (Bélgica)

A competição em sua fase de grupos está prevista para acontecer, ou melhor, o primeiro dia de competição está previsto para acontecer em 15 de setembro próximo e pelo visto teremos duelos muito interessantes além do já citado Real Madrid x Milan.

Agora é só comprar a Heineken, coloca-la na geladeira e começar a torcer por seu time favorito. Aliás, fica aberta a caixa de comentários do balaio para que vocês postem suas preferências e times de torcida. E que vença o melhor (desde que este seja o meu time preferido hehehe)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Mais violência de novo!!! Ou seria mais do mesmo?!

Que a violência no futebol brasileiro não é uma novidade todos já estamos cansados de saber, mas o mais recente episódio ocorrido no "país do futebol" e que almeja sediar uma copa do mundo (em 2014, caso não haja nenhuma catástrofe conseguiremos maquiar mais uma vez nossas deficiências) realmente chegou a um nível sem precedentes. Ontem, após a partida envolvendo Portuguesa (SP) e Vila Nova (GO) pela segunda divisão do futebol brasileiro tivemos fatos lamentáveis nos vestiários do time paulista. Seres (sim, seres, pois não podemos chamar tais coisas de gente ou cidadãos) invadiram o vestiário e armados (sim fizeram questão de mostrar que possuíam armas na cintura e que viriam a usá-las em futuras situações semelhantes) se acharam no direito de cobrar o técnico René Simões e os jogadores Heverton e Edno mostrando sua indignação com o atual momento vivido pelo time luso.

A diretoria do clube revelou que o "ser" atende pelo nome de Toninho e é conselheiro do clube, pasmem, e não invadiu o vestiário pois como tinha carteira de conselheiro era liberado para entrar no vestiário. “Ele sempre vem aqui depois dos jogos. É conselheiro e nunca fez nada parecido com isso antes. Não sabemos o que deu nele”, disse o advogado da Lusa. A preocupação dos dirigentes é garantir que não houve falha de segurança. O clube inclusive se pronunciou avisando a imprensa que ira lavrar o boletim de ocorrência e tentou tranquilizar os atletas dizendo que o fato era isolado e que isto não viria a se repetir.

A primeira baixa da confusão já foi feita: o técnico René Simões pediu demissão do cargo e não mais comando o time diante do próximo adversário (Fortaleza, no Ceará) pela segunda divisão do brasileirão. Outros jogadores, apesar de abalados e dizendo a boca pequena que preferem sair do clube permanecem até que outras informações venham a me desmentir.

Na minha opinião independente de qual fosse a explicação ou quais podem ser as garantias que a diretoria do clube desse aos jogadores, estes deveriam se unir e não mais vestir a camisa do time em protesto até que alguma coisa seja feita. Aonde já se viu você ser ameaçado e cobrado em seu ambiente de trabalho por alguém que não é nem seu chefe nem manda em nada relacionado a empresa (no caso, ao time de futebol)? Com que tranquilidade poderiam os jogadores buscarem uma solução para o problema enfrentado (a escassez de vitórias do time no campeonato) sendo ameaçados desta forma? Por outro lado, o que leva uma pessoa a ir armada a um jogo de futebol e quais as reais intenções dela ao tomar tamanha atitude irresponsável? E as pessoas que cuidam da segurança nos estádios e vestiários, como podem permitir tal atitude? Por que no Brasil as pessoas tanto se mobilizam por um esporte mas se mantém quietas diante de tanta falcatrua, safadeza e podridão escancarada na política e economia? Estas e muitas outras são perguntas que não calam em minha mente!! É inadmissível! Como diria Boris Casói, é uma vergonha! E ainda pensamos em sediar competições do nível de Copa do Mundo, Olimpíadas entre outras porem não conseguimos garantir a segurança dos próprios atletas nacionais no desempenho de suas atividades!

Fica aberto a caixa de comentários a todos que queiram compartilhar suas opiniões comigo aqui no balaio, pois eu realmente fico indignado com tamanha falta de respeito com o ser humano nesta republiqueta das bananas chamada Brasil. E tenho dito!

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Outlet Premium

Chegou ao Brasil a pouco tempo um shopping que segue um conceito já muito utilizado em países como os EUA, conceito este no qual se cria possibilidade de boas compras para nós que não temos acesso a viagens internacionais com frequência mas que gostamos de utilizar roupas e/ou produtos de boa relação qualidade x preço. O Outlet Premium tem descontos que variam de 20 à 80% nos produtos de diversas grifes nacionais e internacionais. Localizado no Km. 72 da Rodovia dos Bandeirantes, considerado como o melhor sistema viário do País, o local foi especialmente construído para tal finalidade, ao lado de empreendimentos tais como o Hopi Hari, Wen’t Wild e Shopping SerrAzul e do Hotel Quality.

Aproveitei o final de semana chuvoso que fazia em Sampa e resolvi apostar na visita ao local, muito mais com o intuito de conhecer do que propriamente de fazer compras mas enfim, vejam as conclusões a seguir.

Vocês devem estar se perguntando se o empreendimento vale a visita, não é mesmo? Eu diria que, de maneira geral, se você é uma pessoa paciente, costuma e gosta de utilizar roupas e acessórios de grifes conhecidas e adora procurar uma pechincha, vale sim a pena. Porém se você é mais desligado de marcas em geral, não gosta de fuçar muito em shoppings e compra somente quando é estritamente necessário eu colocaria em dúvida a sua visita ao local. Veja, nas próximas frases/parágrafos tentarei enumerar um pouco dos prós e contras e no final você irá decidir se vale ou não a pena, lembrado que o texto reflete a opinião de quem apesar de curtir um pouco alguns itens e acessórios de grifes não é um aficionado por shoppings e é extremamente impaciente.

Partindo então para os pontos positivos do empreendimento, eu citaria com facilidade: a localização do outlet, apesar de estar a aproximadamente 70 km da capital paulista tem acesso extremamente facilitado pela rodovia do Bandeirantes; a construção do local é extremamente amigável e é extremamente fácil se locomover por entre as lojas lá presentes; o conceito de outside mall é pouco difundido no Brasil mas é muito mais agradável do que o confinamento de corredores dos shoppings em geral; agrupamento de diversas grifes nacionais e internacionais em um mesmo local e finalmente preços, em geral, um pouco mais baixos dos que nós encontramos em tais grifes em shoppings "comuns" dentro dos centros urbanos; alguns preços realmente interessantes, com descontos variando de 20 à 80% durante o ano todo (segundo marketing do próprio empreendimento.

Por outro lado, pude listar alguns pontos negativos durante a minha visita: a praça de alimentação é extremamente mal dimensionada para o tamanho do empreendimento o que gera filas em determinados horários; ainda existem muitas lojas fechadas o que pode frustrar um e outro que buscam uma grife especifica ; preços com 80% de desconto são realmente muito difíceis de encontrar o que pode fazer com que você encontre vez ou outra preços competitivos em outras lojas em locais mais próximos e que você está acostumado a visitar e por último você deve ter extrema paciência em algumas lojas mais concorridas (Nike por exemplo) devido ao movimento no interior da loja.

Agora, leitor do balaio, deixo a vocês julgarem se vale ou não a visita e, caso o façam, estejam a vontade de compartilhar suas impressões com esse que vos escreve através da caixa de comentários do blog. Ah, e boas compras a quem for visitar o local!!

Vitória merecida

Muitos ainda o chamam de incompetente. Outros muitos de perdedor. Alguns simplesmente de azarado. Porém acima de tudo ele é trabalhador e dedicado, sejam lá quais forem os adjetivos utilizados para descrever-lo. Mas neste final de semana, como ele mesmo disse "perfeito", ele pode dar sinais de que ainda tem muita lenha a queimar. Não que eu seja um fã declarado de se "trabalho"porém acima de tudo respeito sua tragetória. Ah, sim, de quem estamos falando? Rubens Barrichelo...Rubinho para os íntimos.

Neste final de semana na prova em Valência, na Espanha, o veterano piloto conseguiu sua primeira vitória na atual temporada, a décima em sua carreira e de quebra retornou à vice-liderança do mundial de pilotos e viu suas chances de título aumentarem baixando a diferença para o atual líder para 18 pontos. Além disso, de quebra marcou a centésima vitória brasileira na categoria, algo merecido para um cara que como ele tanto ralou, está a tanto tempo na fórmula 1 e vive sua melhor temporada na categoria, ao mesmo tempo em que tem que lutar e provar a cada corrida que ainda é um piloto de alto nível.

Claro que neste grande prêmio contou com um erro no pit stop da Mc Laren, mas afinal, depois de muitos erros contra estava mais do que na hora de ter um pouco de sorte e ter um erro a favor não é mesmo? Agora, faltando seis provas pro final da temporada Rubinho deve correr contra seu companheiro de escuderia e, quem sabe buscar um inédito título mundial. Carro ele tem, competência também..basta que lhe dêem condições igualitárias e vejamos o que acontece daqui pra frente.

E que venha a Bélgica no próximo dia 30 de agosto!!!

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Vampiros & Caipiras

Usualmente sou uma pessoa que gosta de assistir séries mas que não tem muita paciência em aguardar no mínimo uma semana entre um episódio e outro ou mesmo muitos meses para uma nova temporada. Opto muitas vezes por assistir de uma só vez diversos episódios, totalizando uma única temporada de uma só vez. Enfim, chega de falar de minhas preferências. Confesso que com um pouco de atraso descobri um seriado que pode ser considerado novo (encontra-se em sua segunda temporada) mas que tem me chamado a atenção positivamente por se utilizar da onda do momento (falar sobre vampiros) mas de uma forma a meu ver pouco convencional. Estou falando de "True Blood", minisérie que está sendo exibida no canal HBO.

Da sinopse oficial: "Baseada na série de livros Southern Vampire, de Charlaine Harris. Nela, vampiros e humanos vivem em certo equilíbrio, depois que japoneses desenvolvem um sangue sintético para exportação. Numa cidadezinha da Louisiana, porém, as coisas podem se complicar quando o vampiro Bill Comton se envolve com a mortal Sookie Stackhouse , uma garçonete inocente que lê a mente das pessoas."

Mas é claro que a série não é tão simplista assim e que a história nos apresenta uma mistura dramática, engraçada, caricata, fantasiosa e dinâmica da vida em uma pequena cidade no interior da Lousiana que vê com olhos temerosos a vida em conjunto com vampiros, mesmo que estes estejam brigando por direitos iguais aos dos humanos. Ou seja, nos apresenta também um pouco de política dos tempos atuais e das minorias excluídas na sociedade atual. Além disso, a crença religiosa como fuga da realidade também é explorada em algumas oportunidades por alguns personagens. É engraçado ver na ficção como a vida em sociedade pode ser alterada simplesmente pelo medo do desconhecido e do diferente, o que muitas vezes nem ao mesmo podemos saber e ser diferente necessariamente é ruim.

Toda gama de personagens está presente: uma vovó que cuida de dois netos díspares entre si (enquanto a menina é um poço de santidade e bondade o garoto só quer saber de transar e sair com garotas o que sempre acaba por colocá-lo em situações perigosas); mulher negra que possui mãe alcoólatra que foge da realidade buscando explicação para sua vida na religião; dono de lanchonete de beira de estrada apaixonado por sua funcionária mas que não é bom com as mulheres; traficantes de drogas (sintéticas ou não) e claro vampiros bonzinhos e vampiros ruins de arrepiar o último fio de cabelo. Enfim, é fácil ver a caracterização do dia a dia de uma cidade interiorana nos EUA como sempre é retratada em filmes e seriados.

Além disso tudo, muito carácter sexual está incluso na série, principalmente quando humanos insistem em teoricamente experimentar o novo e saírem a transar com vampiros inclusive deixando-se serem mordidos. No fim serve de pano de fundo e de uma maneira para apimentar ainda mais as relações existentes na trama. E demonstra de certa forma que caso os vampiros quisessem, existiria uma maneira de subjugarem os humanos mesmo que de maneira sexual.

Enfim, é um prato cheio pra quem gosta de seriados e mesmo para os que não gostam, pois apresenta o formato de uma maneira diferente e muito divertida.

Ah! E não podemos esquecer da trilha sonora, feita de maneira a nos levar as músicas típicas da região da Lousiana, uma mistura de country, folk e um pop rock leve.

Na Tv paga no Brasil os episódios vão ao ar aos domingos, infelizmente não sei ao certo ao horário mas tentem verificar a grade de horários da sua operadora de tv por assinatura que esta poderá informar-lhes melhor.

Divirtam-se e depois contem o que acharam na caixa de comentários do balaio!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Contraste entre pressão e euforia marca playoffs da Liga dos Campeões

Do UOL Esporte

Em São Paulo

A temporada mal começou, mas algumas grandes forças europeias correm risco de torná-la bem mais árdua. Arsenal, Sporting e Lyon entram em campo a partir desta terça-feira, às 15h45, pelos playoffs da Liga dos Campeões. Uma eliminação precoce do torneio, antes mesmo da rentável fase de grupos, certamente deixará o ambiente tenso nestas equipes.

Enquanto para algumas delas os playoffs da Liga dos Campeões significam o último degrau para o Olimpo, para outras pode ser a porta de entrada de uma inesperada crise, com o consequente aumento da pressão por bons resultados. Nesta etapa da competição, quando entram times dos maiores centros da Europa, um confronto entre equipes de destaque já chama a atenção.

Sporting (vice-campeão português) e Fiorentina (quarta colocada no último Italiano) decidem qual delas continuará viva no torneio continental. As duas equipes disputaram a fase de grupos da última Liga dos Campeões - o Sporting chegou até as oitavas-de-final.

Os Leões, que pouco investiram para a temporada, planejam quebrar a hegemonia nacional do Porto. Um fracasso precoce na Liga dos Campeões comprometeria os planos do time. Já a Fiorentina tem o desejo de se firmar entre os principais clubes da Itália e a vaga na fase de grupos a fortaleceria neste intuito.

Em um 'duelo britânico', Arsenal e Celtic, participantes frequentes da Liga, medem forças. Os Gunners, semifinalistas da última edição, tentam confirmar a hegemonia dos clubes ingleses na competição. Com participação discreta no último Campeonato Inglês, o time quer mostrar sua capacidade para concorrer de igual para igual com Manchester United, Liverpool e Chelsea.

Embora tenha pela frente um adversário em teoria mais simples, o Lyon carrega em suas costas uma grande pressão. Após vir de uma série de sete títulos franceses, o clube terminou em um frustrante terceiro lugar na última Ligue 1. O clube investiu pesado na contratação de reforços, como Gomis, Lisandro López, Aly Cissokho e Michel Bastos para reverter este período de baixa. Além disso, o OL nunca escondeu seu sonho de, enfim, fazer o futebol francês brilhar no cenário europeu.


Atlético de Madri e Stuttgart enfrentam adversários de qualidades distintas, mas os dois clubes têm a mesma missão: manter a tradição de Espanha e Alemanha na Liga dos Campeões. O clube da capital espanhola pega o Panathinaikos, em um duelo que promete equilíbrio. Já a equipe alemã encara um adversário que não desperta grandes temores: o Timisoara, da Romênia.

Se os grandes temem uma eliminação prematura e os prejuízos (tanto em nível esportivo como financeiro), as pequenas forças fazem dos playoffs da Liga dos Campeões sua grande oportunidade. De acordo com o sorteio realizado pela Uefa, alguns times de pouca expressão terão lugar garantido na próxima etapa da competição.

O Levski Sófia, único clube búlgaro a ter disputado a fase de grupos da Liga, tenta avançar mais uma vez. Pela frente, o time terá o Debrecen, em busca da ressureição do futebol húngaro. Se o país formou uma das seleções mais conhecidas do mundo, na década de 50, os anos seguintes acompanharam a decadência e a transformação, tanto dos clubes como da equipe nacional, em coadjuvantes de pouca importância.

O Ventspils sonha em se tornar o primeiro clube letão a chegar na fase de grupos da Liga. Para isso, precisa superar o Zürich. Já o Sheriff tenta fazer o mesmo para sua nação, mas o clube moldavo terá dificuldades contra o Olympiacos. Para provar não ser forte apenas na Áustria, o Red Bull Salzburg busca sua confirmação diante do Maccabi Tel Aviv, de Israel.

O APOEL, do Chipre, espelha-se no surpreendente desempenho do Anorthosis Famagusta em 2008/09, quando incomodou Internazionale e Panathinaikos. A equipe cipriota encara o Kobenhavn, da Dinamarca, que já sentiu o gostinho de fazer parte das chaves da competição.

A definição dos dez últimos classificados para a próxima etapa a Liga dos Campeões se tornou um bom aperitivo para o torneio. O contraste entre a euforia dos pequenos e a forte cobrança nos grandes marca este último passo antes da fase de grupos da principal competição interclubes da Europa.

Nota do balaio: E ai, você vai torcer pra qual equipe este ano? Eu ainda aposto que fica entre algum time inglês (Manchester United e City, Chelsea ou Arsenal) ou espanhol (Real Madrid ou Barcelona). É ficarmos ligados para a formação dos grupos da Champions League. E que venha a nova temporada do futebol Europeu!!!

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Qual o limite do atleta?!

Já não é de hoje que os homens buscam quebrar recordes e limites nos esportes, mas qual seria então o limite do ser humano, ou melhor, do atleta, para os esportes?!

Tenho feito esta pergunta pra mim mesmo com uma certa frequência, até por que tenho visto e lido um pouco sobre o assunto em diversos meios de comunicação e mesmo especialistas da área não conseguem entrar em um acordo, pois enquanto uns dizem que os recentes recordes e tempos conseguidos na última olímpiada ou nos últimos campeonatos mundias de natação, por exemplo, estão próximos ou até já atingiram o limite físico dos atletas, outros simplesmente dizem que não existem tais limites e que sempre iremos observar a quedas de recordes mundiais de tempos em tempos.

Este final de semana novamente o assunto veio a tona pois existe um garoto jamaicano (sim garoto pois ele tem somente 22 anos) que tem mostrado não saber o que são limites quando o assunto é a sua prova preferida, os 100 m rasos do atletismo. Sim, estamos falando de Usain Bolt. Mais uma vez, agora no Mundial de Atletismo de Berlim, Bolt querou o recorde mundial da prova dos 100m rasos (que por sinal era seu) e venceu a competição em 9s48, baixando em 0s11 seu recorde anterior e ao fazer isto, mostra que mais uma vez sobrou na prova e parece estar guardando para ir pouco a pouco quebrando recordes atrás de recordes. É impressionante o quanto ele chega na frente dos outros atletas e parece nem estar cansado. Qual seria o limite para baixar seu tempo? Ele mesmo já disse que espera logo estar correndo nos 9s40, coisa que eu simplesmente não duvido. Não entendo de fisiologia nem de preparação esportiva mas até o aspecto físico de bolt não é o usual para provas de velocidade (ele tem quase dois metros de altura) e ainda assim tem colocado outros atletas no bolso.

Todos sabemos que hoje em dia a tecnologia é aliada primordial do esporte e tem ajudado nesta perseguição aos recordes mundiais e tempos nas provas de velocidade, é comum hoje em dia vermos por exemplo sapatilhas de corrida feitas sob medida, maiôs de natação com tecidos de ponta nunca antes imaginados. Além disso, hoje temos uma gama muito ampla de alimentos e suplementos alimentares feitos para maximizar o desempenho do corpo humano na prática esportiva mas até que ponto esta tecnologia fará efeito? Eu sinceramente não consigo imaginar! E vocês, leitores do balaio, tem alguma sugestão? Compartilhem suas opiniões comigo através da caixa de comentários do blog.

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Vinho Outlet 2a Edição

Do site oficial do evento:



Agora em novo local, Vinho Outlet é o único evento de vinhos voltado ao consumidor final. Durante quatro dias, os participantes podem conhecer e explorar as novidades, diferenças entre uvas, vinhos, vinícolas, degustando e comparando em uma grande variedade de vinhos nacionais e importados com vendas, pronta-entrega e preços altamente competitivos.

A 2ª edição será realizada no Centro de Convenções Frei Caneca, de 15 a 18 de outubro. Reunindo as melhores ofertas apresentadas no mercado, com descontos de até 50%, é uma excelente oportunidade para o consumidor conhecer novos rótulos e abastecer sua adega com pouco investimento.

Para quem ainda não conhece o assunto, é uma ótima oportunidade para ingressar no mundo dos vinhos, aprendendo ou aprimorando conhecimentos em mais de 25 palestras que culminam em degustação de 2 vinhos.

Válido para um dia de visitação, o Ingresso à Exposição custará R$30,00 e dará direito a uma Taça de Degustação, a ser retirada no local.

Os Expositores promoverão a degustação gratuita de vinhos apresentados no evento, que poderão ser adquiridos em seguida, no próprio estande.

As Taças de Degustaçãoo poderão ser lavadas pelos próprios participantes, no posto de Lavagem de Taças.

A programação da 2ª edição do Vinho Outlet traz 16 palestras onde os participantes podem aprender como comprar, servir, beber o vinho, combiná-lo com pratos e conhecer melhor a cultura e a história do vinho.


  • O acesso a cada palestra exige um Passe de R$15,00, que inclui a degustação de 2 vinhos relacionados ao tema.
  • Nessa degustação não serão fornecidas taças: o participante usará a sua Taça de Degustação, incluida no seu Ingresso à Exposição.
  • O Passe da palestra garante um lugar na sala. Na falta desse lugar, o valor do Passe será devolvido.
  • No final da palestra, todos os lugares devem ser liberados para os participantes da próxima.
  • Expositores confirmados para 2009

    Aurora Barcarola Chesini Diageo Dom Miguel
    Florense Góes e Venturini Ibravin/ Fenavin KMM Magna Import
    Mascarelo Milantino Miolo Monte Reale Perini
    Peruzzo Pompéia Salton Terragnolo Tirolez
    Viapiana

    Nota do balaio: Eu, como iniciante na arte da degustação e apreciação de vinhos, estou muito propenso a ir, e vocês leitores do balaio, alguém se habilita? Saúde!!

    quinta-feira, 13 de agosto de 2009

    Faith No More no Brasil!!!

    Do site da revista Rolling Stone do Brasil:

    Faith No More fará show no Brasil em novembro

    Banda norte-americana será uma das atrações do Maquinária Festival em São Paulo; venda dos ingressos começa nesta semana

    Foto: Reprodução/Site oficial
    O Faith No More voltará ao Brasil 17 anos depois da primeira apresentação no país, no Rock In Rio de 1991

    O Faith No More voltará ao Brasil 17 anos depois da primeira apresentação no país, no Rock in Rio de 1991.

    A banda norte-americana Faith No More acaba de confirmar um show no Brasil ainda em 2009. O grupo será uma das atrações da segunda edição do Maquinária Festival, na Chácara do Jockey, em São Paulo, no dia 7 de novembro.

    O tecladista da banda, Roddy Bottum, publicou a notícia em seu perfil no Twitter, informando ainda que a venda dos ingressos começa nesta quinta, 14, pelo site www.ingressorapido.com.br. Em comunicado à imprensa, a organização do evento anunciou que as entradas sairão por R$ 200 (pista inteira) e R$ 450 (área vip inteira).

    O grupo, que estava separado há mais de dez anos, anunciou a reunião em fevereiro deste ano, com turnê pela Europa. As apresentações começaram oficialmente no dia 10 de junho e foram recentemente estendidas para a América do Sul - a banda irá passar também pela Argentina e Chile. A banda já esteve no Brasil anteriormente: entre os shows em solo tupiniquim, se apresentaram no Rock In Rio II, em 1991 - no mesmo ano, voltaram ao país para outras datas.

    O primeiro ano do festival aconteceu nos dias 17 e 18 de maio com shows de bandas nacionais e internacionais. Entre os convidados, estiveram Sepultura, Misfits, Matanza, Biohazard, Suicidal Tendencies, MxPx, CPM22, Glória, entre outros.

    Faith No More no Maquinária Festival
    7/11 (horário a ser confirmado)
    Chácara do Jockey - Av. Pirajussara, s/nº (altura do 5.100 da Av. Francisco Morato)
    R$ 200 e R$ 450
    Informações: 4003-1212


    Nota do balaio: Apesar de achar o preço meio salgado, estou muito propenso a ir ao show pois é uma das poucas bandas de minha adolescência que ainda não tinha tido a oportunidade de assistir ao vivo!! Quem mais tá pensando em ir? Mande recados ai na caixa de comentários do blog.

    segunda-feira, 10 de agosto de 2009

    Revista Lonely Planet

    Senhores e senhoras viajantes de plantão (ou mesmo sonhadores como eu) segue hoje uma dica legal para quem gosta de ler matérias sobre viagens, planejar suas viagens com antecedência e descobrir cidades ao redor do mundo com dicas que somente locais poderiam saber: foi lançada agora em julho a mais nova edição do seguimento viagens e turismo no Brasil, a revista Lonely Planet!!

    A revista foi lançada no final do ano no Reino Unido e é fruto da parceria entre a melhor linha de guias de viagem vendidos ultimamente (Guias Lonely Planet) com a rede de comunicação britânica BBC. No Brasil, com suporte da Editora Duetto, a revista vem como uma tradução da edição britânica, contanto com uma abordagem diferente sobre o mundo do lazer e do turismo, com fotos e matérias anestesiantes e que vai de encontro com quem gosta de conhecer os lugares fugindo do convencional dos pontos turísticos. Vale lembrar que a Lonely Planet produz seus guias de viagens a mais de 30 anos e portanto tem expertise de sobre neste seguimento.

    Os editores e colaboradores em sua maioria (talvez totalidade) são os mesmos que ajudam a editar os guias de viagem mais famosos do mundo e talvez por isso, escolados com as dicas de quase moradores das regiões retratadas nas matérias, conseguem passar ao leitor a sensação de que viajar é muito fácil e tem sempre uma novidade nos esperando. Além disso, as primeiras duas edições já disponíveis contam com mini guias destacáveis de algumas cidades ao redor do mundo, com dicas mais do que quentes para elas.

    Como fã e usuário dos guias de viagens, recomendo a leitura da revista. Eu particularmente irei continuar alimentando meus sonhos com o intuito de que, quando a chance chegar, eu possa realizar as viagens e me utilizar das dicas lidas nas revistas.

    É só preparar as malar e boa viagem!!

    sábado, 8 de agosto de 2009

    Costela no Ponto!!

    Pessoal, hoje o post vem com mais uma dica gatronômica para os moradores, e por que não, visitantes de São José dos Campos, que gostam de uma boa costela bovina: o restaurante "Costela no Ponto", localizado na Av. Andrômeda, no bairro do Satélite.

    O ambiente é bem simples, porém tem um salão com capacidade para aproximadamente 60 pessoas e possui ar condicionado para os dias mais quente, o que não é muito incomum na região.

    O restaurante tem um sistema curioso, onde você paga um valor fixo e tem direito a um buffet de saladas + pratos quentes/frios (arroz, batata/polenta fritas, linguiça calabreza, escondidinho, etc.) e como o próprio nome da casa já diz, come costela bovina, assada no carvão, a vontade. A peça de costela já vem dessosada e fatiada e o melhor, a costela pode ainda vir temperada com alho, cebola ou com uma combinação de ambos.

    Para acompanhar o prato, a cerveja gelada é a melhor pedida, porém a casa tem ainda sucos, refrigerantes e algumas outras bebidas em geral. Já a sobremesa fica por conta de algumas tortas geladas e doces além de um tradicional cafezinho feito pelo pessoal do restaurante e sempre fresquinho. Fica então a dica.

    Bom apetite!!

    sexta-feira, 7 de agosto de 2009

    Comida Portuguesa com certeza!

    Mais uma vez vem a dica para os apreciadores de boa gastronomia. Nesta quinta feira precisei resolver assuntos particulares e por isso só trabalhei no período da manhã. Caminhando após algumas das atividades que havia executado e procurando algum lugar para almoçar, resolvi que me daria de presente um almoço um pouco mais requintado e de passagem numa avenida próxima a minha residência aqui de São José dos Campos descobri um restaurante de comida portuguesa e resolvi encarar. O nome: "A Taberna". Localização: Av. Adhemar de Barros, 683. E para minha grata surpresa, o restaurante superou e muito minhas expectativas.

    Com pratos para os mais variados bolsos, o restaurante tem seu menu permanente com pratos da culinária portuguesa (destaque claro para os pratos a base de bacalhau, peixes e frutos do mar em geral) e diariamente conta com os chamados pratos do dia, mais em conta e mais rápidos para atingir um público menos exigente. Nesta primeira visita optei pelo menu do dia que era um peixe ao molho de camarão acompanhado de arroz branco e legumes puxados na manteiga. Além disso existe uma mesa onde você pode se servir de salada (folhas, cenoura, pepino e tomate) além de fatias de pão e molhos típicos. O prato era muito bem servido e a comida excelente.

    Para acompanhar minha comida resolvi verificar o que estava disponível na carta de vinhos e que combinasse bem com o prato e com o dia, pois estava bastante calor também. O restaurante possui uma boa adega com diversas opções de vinhos tintos e brancos de diversas nacionalidades, se destacando é claro alguns bom exemplares portugueses. Acabei optando por um branco chileno da adega Santa Carolina, o vinho Vistaña que é um corte de 65% de Sauvignon Blance e 35% de Semillon, que diga-se de passagem combinou muito com o prato e com a temperatura do dia pois era um vinho cheio de notas cítricas e frutadas, sendo extremamente refrescante.

    Depois disso, os garçons do estabelecimento passam pelas mesas com um carrinho cheio de doces e iguarias portuguesas para a sobremesa, destacando-se claro o pastel de belém e o toucinho do céu entre outros. Mas como eu estava satisfeito, resolvi parar por aqui.

    Fica a dica para vocês e, caso tenham tido a oportudinade de comerem no restaurante ou mesmo que já o tenham feito, convido a deixarem suas opiniões a caixa de comentário do balaio. Bom apetite!

    segunda-feira, 3 de agosto de 2009

    Volta da censura e da ditadura?


    Sei que eu havia dito que este espaço iria se destinar a entretenimento, futebol, música e afins porém como eu coloquei a ressalva de que assuntos quaisquer poderiam esporadicamente aparecer por aqui, caso os mesmos dessem "na minha telha", resolvi que hoje seria uma destas oportunidades.

    É com certa indignação que li e ouvi nos últimos dois/três dias que um desembargador federal se julgou no direito de proibir (censura?!) o grupo do jornal "O Estado de São Paulo" de publicar quaisquer reportagens que remetam as investigações do caso envolvendo o filho do senador Sarney (Fernando) pela polícia federal. É claro que a ação foi movida pelo filho do dito cujo com a desculpa de que estava lutando por seu direito como cidadão e que, segundo nota, Sarney pai nada teria a ver com tal atitude. O filho de Sarney está sendo investigado numa operação da polícia federal que diz respeito a desvio de verbas na campanha de Roseana Sarney no Maranhão, por apadrinhamento de cargos no senado pelo senil senador e também as atividades empresariais de Fernando .

    Num país onde o demagogo do presidente ignorante (leia-se Lula) prega aos quatro ventos a democracia e nos chama de ignorantes e imbecis por discordarmos do programa de compra de votos "Bolsa Família", a atitude de tal desembargador beira o cúmulo da incoerência, para não me utilizar de palavras de mais baixo calão. Neste caso específico onde fica a liberdade de imprensa? E a liberdade de expressão? Não seriam estes jargões utilizados por quem lutou contra a ditadura e se diz partidário do comunismo e do esquerdismo político? A que pontos chegaremos com atitudes tacanhas como estas???

    Outrora oposicionista, o atual governo criticou e lutou contra males muito menores em outros governos mas, ao longo destes mais de 8 anos de governo Lula, o que temos visto senão montes de escândalos relegados a segundo plano, um presidente que quando se pronuncia hora diz não saber que estava acontecendo e hora lava as mãos dizendo que não fora ele quem elegeu o atual presidente do senado? Até quando os povo brasileiro irá se conformar com tais atitudes e aplaudir o presidente do povo? Por muito menos se reuniram nas ruas com as caras pintadas nas cores da bandeira nacional e exigiram a saída do então presidente Fernando Collor. Seria mesmo necessário a mobilização puramente interesseira de uma grande emissora de TV para que isto acontecesse? Enquanto isso ficamos a ver navios na república das bananas.

    Seria cômico se não fosse trágico.

    Novo ídolo do esporte nacional

    Prepare-se pois, caso ainda não tenha ouvido falar dele, creio que dentro deste novo cilclo olímpico seu nome se tornará muito falado no Brasil. Antes desprezado e sem apoio, César Cielo é agora a personalidade esportiva mais badalada dos últimos tempos no meio esportivo nacional. O motivo: o cara é simplesmente um fenônemo nas piscinas!

    Desde sua participação nas olímpiadas de Pequim, onde eu assumo que pouco tinha ouvido falar dele, Cielo tem mostrado ao mundo como é ser um velocista na natação. Desde sua medalha de ouro olímpica na prova dos 50 m estilo livre, Cielo sempre entra como favorito nas provas em que disputa. E não foi diferente no mundial de esportes aquáticos disputado no último mês de julho em Roma, na Itália.

    Natural de Santa Barbara do Oeste no interior paulista onde iniciou na natação aos 8 anos de idade, Cielo é radicado nos EUA onde treina e estuda (o que a meu ver é uma vergonha tendo em visto a falta de incentivo que o esporte tem no Brasil em comparação ao material humano que dispomos no país), Cielo vive e treina em Auburn no estado do Alabama e a pacata vida da cidade é só um incentivo a mais para seus treinos e sua busca inscessante por objetivos cada vez maiores.

    De fã e adimirador de Gustavo Borges a atualmente melhor nadador brasileiro, Cielo por si só já é um exemplo a ser seguido por jovens e crianças que sonham um dia alcançarem seus objetivos. O Brasil de hoje é muito carente de ídolos e por isso o surgimento do nome de Cielo nos enche mais uma vez de esperança e nos mostra que só a força de vontade e o trabalho é que geram frutos e um futuro melhor, seja no campo que escolhermos. Torço para que esta lição seja aprendida por nós brasileiros e mais do que isso, que os dirigentes esportivos no país sejam menos gananciosos e mais humanos, gerando incentivos para que mais atletas nacionais ganhem destaque fora e levem o nome do país aos lugares mais altos dos pódios.

    Força Cielo e parabéns, afinal, você mais do que niguém, merece!