terça-feira, 21 de agosto de 2018

7 Maneiras Surpreendentes para se Resfriar seu Vinho

Imagine a seguinte situação: você precisa resfriar de maneira mais rápida que o usual algumas (ou muitas) garrafas de vinho para serem servidas numa degustação, confraria etc. A questão que fica é: como fazer isto de forma eficiente e no menor período de tempo possível? Abaixo listamos algumas maneiras comumente utilizadas por experts e que funcionam.


Baldes de Gelo
O método mais usado e comprovado para se resfriar o vinho, às pressas, ainda é um balde de gelo com um pouco de água e um punhado de sal - o sal reduz a temperatura gelada da água. (CIÊNCIA!) Recomenda-se ainda embrulhar garrafas especiais de vinho em sacos plásticos primeiro para preservar os rótulos, ou usar um refrigerador maior para congelar uma caixa inteira de cada vez - basta remover a caixa de papelão, colocar as garrafas na posição vertical no refrigerador e cubra com gelo, como eles fazem atrás do bar.

Vidraria Refrigerada
Assim como seu pai provavelmente costumava guardar um copo no freezer, sempre pronto para esfriar uma garrafa de cerveja, recomenda-se que você sempre guarde algumas taças de vinho e flutes de champanhe no freezer para refrigerar rapidamente seu vinho ou espumante.

Tolha Molhada
Um bom truque para esfriar o vinho quando você não tem gelo é embrulhar a garrafa de vinho em toalhas úmidas e colocá-la no freezer por sete minutos. Não tem um freezer, ou mesmo uma geladeira, acessível? Recomenda-se esse truque para piqueniques e festas - basta segurar a garrafa enrolada em uma toalha molhada na frente de um ventilador ou ar condicionado, seja em uma unidade de parede ou em um carro!

Copo Duplo
Só porque você está comemorando um happy hour longe de casa em um churrasco no quintal ou em um cruzeiro de bebida não significa que você não pode ter vinho devidamente refrigerado. Recomenda-se tirar proveito das amenidades de festa analógicas para improvisar um A + em enófilos de estilo universitário: Coloque seu copo de vinho de plástico dentro de um outro copo ligeiramente maior, com gelo entre os dois. Logo seu vinho atingirá uma temperatura agradável.

Frutas Congeladas
As guarnições podem às vezes ser muito mais do que coadjuvantes: tanto uvas como morango congelados, por exemplo, podem fazer o dobro do trabalho, adicionando juros e uma boa queda de temperatura às taças de vinho. Mas, ao contrário dos cubos de gelo, nenhum deles diluirá sua bebida ou fará com que você se sinta desclassificado.

Sacos Plásticos
Colocando em prática as habilidades científicas do Sr. Mago - especialmente se você tiver o luxo de resfriar seu vinho longe dos olhos curiosos de seus convidados - há esse útil truque diretamente da Wine Folly: Pegue metade da garrafa de vinho e despeje-a um saco Ziploc, mergulhe o saco em um banho de gelo até atingir a temperatura correta, em seguida, coloque nas taças. Recomenda-se também uma versão mais fácil, que é pegar o seu vinho e gelo extra no caminho para a festa e levá-los juntos no mesmo saco em sua caminhada /direção.

Espero que estas dicas tornem seu trabalho um pouco mais fácil quando precisar resfriar suas garrafas de vinho para uma ocasião bacana. Você conhece mais algum método para executar o trabalho ? Compartilhe conosco e vamos fazer desta uma comunidade viva e de troca de informação. Fico no aguardo de vossas manifestações.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário