quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Mandorla Primitivo Puglia IGT 2014

Em 05 de abril de 1991 nasceu a MGM Mondo del Vino, produtora do vinho de hoje, de um encontro entre os fundadores Alfeo Martini, Roger Gabb e Christoph Mack, enólogos e especialistas na indústria do vinho, com produtores de vinho de longa experiência em diferentes continentes. Desse encontro nasceu uma nova maneira de pensar, produzir e comercializar o vinho italiano de qualidade. Desde 2005 os fundadores venderam as ações da empresa de empresa, incentivando o espírito de participação no projeto da MGM Mondo del Vino. Hoje a produção MGM Mondo del Vino é comandada por enólogos e biólogos: uma equipe que cuida da vinificação, do refino, embalagem e controle de qualidade. Em 2013, a MGM Mondo del Vino entrou para o grupo Mondodelvino Group SpA. Atualmente produz cerca de 25 milhões de garrafas e de 4,5 milhões de bag in box, que exporta para mais de 55 países em todo o mundo. As uvas são selecionados através de acordos diretos com cooperativas de produtores e empresas privadas.


Já sobre o Mandorla Primitivo Puglia IGT 2014, podemos ainda acrescentar que é um vinho feito a partir de uvas 100% Primitivo da região da Puglia, no Sul da Itália e ao que tudo indica, como não encontrei informações que contradigam a informação, não deve ter passagem por madeira. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou coloração rubi violácea de grande intensidade, bom brilho e limpidez. Lágrimas finas, rápidas e ligeiramente coloridas também se faziam notar.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos vermelhos maduros, especiarias dentre as quais destaco pimenta, canela e noz moscada, além de leve toque terroso. 

Na boca o vinho apresentou corpo médio, boa acidez e taninos macios e sedosos. O retrogosto confirma o olfato e o final era de média para longa duração.

Um bom vinho italiano que, a despeito da falta de interesse comum aos "especialistas" de vinhos, se mostrou com muita qualidade sem aquele dulçor tão falado nos vinhos feitos a partir desta casta. Eu recomendo a prova. Acompanhou bravamente uma massa recheada de ricota e salsinha com molho quatro queijos gratinado e um filé a milanesa da Osteria Generale. Aliás, precisamos conversar sobre este lugar. Um dia desses...

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário