terça-feira, 4 de outubro de 2016

LoLo Torrontés Chardonnay 2014

A Família Falasco, produtora do vinho de hoje, tem mais de 70 anos de trajetória vitivinícola, que se iniciou em 1939 com Octavio Rufino Falasco e, em seguida, continuou com seu filho Haroldo Santos Falasco. Conta hoje com a terceira geração da família, na pessoa de Jorge Daniel Falasco, pra dirigir os negócios, sempre com o compromisso de garantir um excelente resultado em seus rótulos. Seus vinhedos estão localizados aos pés da Cordilheira dos Andes, em Mendoza, na Argentina, onde os solos arenosos, irrigados pelas águas puras do degelo, contam com ventos suaves e uma grande amplitude térmica. A combinação de todos esses fatores é que tornam possível a obtenção de vinhos de grande qualidade.


Sobre o LoLo Torrontés Chardonnay 2014, podemos acrescentar que o vinho foi criado especialmente para homenagear Haroldo “Lolo” Falasco, criador da Bodega e um dos enólogos mais renomados do país. Feito a partir das castas Torrontés (talvez a casta branca mais famosa da Argentina) e Chardonnay, aparentemente com alguma passagem em madeira durante a fermentação, sem maiores detalhes, mas eu apostaria na Chardonnay, uma vez que são vinificadas separadas (as castas). Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou coloração amarelo dourado com alguns reflexos esverdeados com bom brilho e boa limpidez. 

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos tropicais e cítricas, flores, mel e algo ainda de baunilha ao fundo.

Na boca o vinho mostrou corpo médio com uma boa acidez. O retrogosto confirma o olfato e o final era de média para longa duração.

Um bom vinho argentino para o dia a dia, alegre e fresco com um corte inusitado, que vale a pena conhecer. É mais um vinho do Clube de Vinhos da Winelands, o clube que eu assino e recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário