quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Rosso Piceno De Angelis 2014

A Tenuta De Angelis, de propriedade da família De Angelis, foi fundada nos anos 50 por Alighiero De Angelis e Ciabattoni Giovanna em uma pequena cidade Piceno, em Cossignano, na região do Marche, na Itália. As décadas que se seguiram foram anos de trabalho intenso e recompensas, sendo somente possíveis com uma adega em Cossignano e 50 hectares de vinhas distribuídas nos municípios de Offida, Castel di Lama e Cossignano. A empresa iniciou a produção com três vinhas históricas de uvas Montepulciano, Sangiovese e Trebbiano. Em 1985, com a chegada na companhia de Quinto Fausti, é construída uma nova adega na cidade de Castel di Lama para o relançamento qualitativo da empresa, passando da imensa quantidade de vinhos para pequenas produções de vinhos de qualidade "DOC" e colocando a empresa na elite dos produtores de vinho da região de Marche. Com a chegada da terceira geração, os netos do fundador, a empresa vai também confirmam seu foco histórico em produções locais, descobrindo duas variedades antigas, Pecorino e Passerina, e em conjunto com outras empresas tornou-se uma defensora da nova Offida DOC para produção de vinho de alto valor tipológico para a região.


Já sobre o Rosso Piceno De Angelis 2014, podemos ainda afirmar que o vinho é um corte das uvas Montepulciano (70%) e Sangiovese (30%) de vinhas que se encontram entre 200 a 350 metros acima do nivel do mar em solo argiloso nos municípios de Castel di Lama e Offida. O vinho também envelhece em silos de aço inoxidável por 4 meses, em seguida, em garrafas por aproximadamente 6 meses antes de ser liberado para o mercado. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou coloração rubi violácea de grande intensidade com bom brilho e limpidez. Lágrimas finas, rápidas e ligeiramente coloridas também se faziam notar.

No nariz o vinho abriu com aromas de frutos vermelhos frescos, flores e leve toque animal e terroso.

Na boca o vinho apresentou corpo médio, ótima acidez e taninos macios. O retrogosto confirma o olfato e o final era e média para longa duração.

Um ótimo vinho italiano para o dia a dia, foi muito bem com um belo filé a parmigiana no jantar de ontem. O vinho é trazido pela importadora mineira Casa Rio Verde, que também possui um clube de vinhos bem interessante que estou conhecendo e recomendando. Para ter mais informações visitem: VinhoSite e VinhoClube.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário