sexta-feira, 22 de maio de 2009

A mesmice e a seleção brasileira...

É com bastante estranheza que, apesar de algumas novidades, vejo a seleção brasileira refém de alguns jogadores que em minha singela opinião não servem nem para jogar a Copa Kaiser de futebol de várzea, sem menosprezo nenhum a tal competição. Nesta quinta feira tivemos mais uma convocação para a seleção brasileira que jogará as próximas duas rodadas das eliminatórias para a copa e depois a Copa das Confederações, e mais uma vez temos a maioria de caras carimbadas que nunca mostraram o por que de vestir a camisa canarinho, porém tivemos finalmente alguns acertos e justiças. Vamos aos fatos. Irei comentar a lista deixando minha opinião.

Quanto aos goleiros (Júlio Cesar, Gomes e Victor), eu entendo que houve grande acerto na convocação dos três nomes, porém tendo em vista que o goleiro do Grêmio é titular em seu clube e que o mesmo disputa as quartas de finais da Libertadores da América, entendo que para seu lugar, nesta convocação específica, poderia ter optado pelo Rubinho, ex-Corínthians, que está em grande fase na Itália.

A zaga (Lúcio, Juan, Alex e Luisão ) é realmente um caso a parte, pois em minha concepção a era Lúcio e Juan já acabou, se é que um dia funcionou de acordo, e são ambos zagueiros bem limitados e sem poder de recuperação, lentos. Para seus lugares eu chamaria o zagueiro Mirando do São Paulo e daria uma chance ao zagueiro Chicão do Corínthians ou ainda o Thiago Silva do Milan, pois os 3 são mais jovens e extremamente rápidos e inteligentes.

Para as laterais (Maicon, Daniel Alves, Kléber e André Santos ) eu até entendo que houve acerto por parte do técnico Dunga, porém com certo atraso uma vez que André Santos não enfrenta tão boa fase como a do ano passado, mas creio ainda que para o lugar do colorado Kléber eu optaria por Fábio Aurélio, que vem jogando o fino da bola no Liverpool.

Já o meio campo (Josué, Gilberto Silva, Felipe Melo, Anderson, Elano, Ramires, Júlio Baptista e Kaká) é que veio o show de horrores uma vez que os 3 primeiros não são jogadores de nível de seleção brasileira. Nunca convenceram quando vestiram a amarelinha e pior, existem milhares de opções melhores tanto no futebol brasileiro quanto na Europa, exemplos como Christian e Elias do Corínthians, Hernanes do São Paulo, Cleiton Xavier do Palmeiras entre muitos outros.

E finalmente chegamos ao ataque (Alexandre Pato, Robinho, Luís Fabiano e Nilmar ) onde eu entendo que, com excepção feita a Robinho que é firuleiro e individualista e não agrega valor nenhum a seleção, houveram a maior parte de acertos. Para o lugar de Robinho eu optaria por Grafite, jogador do Wolfsburg da Alemanha e que além de ser artilheiro do campeonato, corre o “risco” de ajudar seu time a se sagrar campeão alemão pela primeira vez na história.

É claro que, quando estivermos mais próximos da Copa do Mundo tudo vai mudar e veremos uma enxurrada de caras velhas, mas os indícios de que o ciclo vicioso da seleção pode estar mudando e que o anão marionete da CBF pode estar abrindo os olhos inclusive pra jogadores que atuam no futebol brasileiro. É esperar e conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário