segunda-feira, 29 de maio de 2017

Quinta do Ameal Bico Amarelo Vinho Verde 2016

No último dia 25 de maio, no Museu da Casa Brasileira, aconteceu o Wine Day da Importadora Qualimpor, contando com uma degustação de todos os produtos do portfólio da Importadora, contando ainda com a presença dos produtores e enólogos das vinícolas Quinta do Crasto, Quinta do Ameal, Esporão, Taylor´s, Freixenet e Quinta dos Murças. Trago hoje aqui um dos destaques do evento, o vinho Bico Amarelo da Quinta do Ameal. Vamos ver o que conseguimos falar sobre ele?


A Quinta do Ameal, produtora do vinho em questão, é uma pequena propriedade, muito antiga (1710), de rara beleza natural. Lá são criados e produzidos vinhos brancos de excelência feitos a partir de uma casta de uvas portuguesa chamada Loureiro. Esta atinge a sua maior expressão aromática e gustativa neste fantástico Vale do Lima, onde a vinícola está situada. Exportado para mais de 15 Países, o Ameal encontra-se nas cartas de muitos dos melhores e mais exigentes restaurantes do Mundo assim como das mais prestigiadas lojas. E chega ao Brasil pelas mãos da Qualimpor, a importadora que entende de vinhos portugueses.

Ainda sobre o Quinta do Ameal Bico Amarelo Vinho Verde 2016, podemos acrescentar que o vinho é um corte de uvas provenientes das melhores sub-regiões da Denominação de Origem dos Vinhos Verdes: do Vale do Lima, a casta Loureiro, do Vale do Rio Minho, a casta Alvarinho e do Vale do Douro, a casta Avesso. A maturação ocorre de 3 a 6 meses em aço inox com remontagem constante. Vamos finalmente as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma coloração amarelo palha bem clarinha com reflexos esverdeados, brilhante e límpido.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos cítricos e tropicais, flores brancas e mel.

Na boca o vinho apresentou corpo leve com uma excelente acidez. O retrogosto confirma o olfato e o final era longo e saboroso.

Mais um belo e interessante vinho verde branco. Simples e elegante ao mesmo tempo, mostra que um vinho branco pode ter muita personalidade. Eu recomendo a prova.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário