quinta-feira, 21 de outubro de 2010

O Mundo do vinho em minha vida


Já devo ter falado deste assunto por aqui mas como o post acabou ficando no esquecimento e como na época não tinha o conhecimento que tenho hoje (não sei de tudo não, antes que venham as críticas), resolvi voltar com o assunto ao blog, uma vez que este é um dos hobbies que tenho em minha vida, se não for o maior atualmente.

Fazem uns dois anos eu comecei a beber vinho descompromissadamente pois gostei muito da bebida. Desde então meu interesse por ela cresceu muito e eu senti que deveria buscar mais conhecimento sobre o assunto. Descobri que eu estava diante de um mundo fascinante e que se eu quisesse haveria muita informação a garimpar. Comecei pesquisando na internet em blogs e páginas afins, mas como leigo ficava muito difícil filtrar o que era informação boa de informação ruim.

O próximo passo foi então buscar literatura mais especializada e o que encontrei foram revistas e livros, de renomados escritores/editores nacionais e estrangeiros. Segui lendo e tentando absorver o máximo de informação possível. É claro que isto é deveras difícil uma vez que existe muita coisa pra se estudar e não é simplesmente o vinho em si, mas geografia, história, agronomia, entre outros aspectos. E como não sou autodidata a melhor maneira de assimilar e discutir as idéias recebidas que encontrei foi as visitas a eventos, feiras e degustações onde pude além de conversar com quem entende do assunto pude conhecer pessoas que estão no mundo do vinho e que vem me dando uma forcinha em conhecer o que estou bebendo.

Ainda senti que faltava alguma coisa e foi então que uma idéia mais ousada me veio a cabeça: eu deveria fazer algum curso para ampliar meus horizontes e conhecimentos sobre o assunto. Depois de uma certa pesquisa cheguei a escola Ciclo das Vinhas, capitaneada pela experiente sommelière Alexandra Corvo. Uma escola composta somente por mulheres extremamente competentes e que com muita simpatia de toda a equipe, ficava difícil não aprender um pouco. Comecei então pelo curso para iniciantes. O curso, como o próprio nome já diz, é bem básico mas capaz de nos dotar de uma noção do que e como é feito os diversos tipos de vinhos e mais, nos dava também um embasamento mínimo para aprendermos a degustar e harmonizar vinhos. Foi o empurrãozinho que me faltava!

E quais são os planos futuros? Bem, já fechei o contrato de um curso bem mais arrojado: diploma de sommelier para enófilos. Ou seja, passarei por um treinamento semelhante aos que os sommeliers passam porém num enfoque para amantes de vinho e não com o intuito de trabalhar profissionalmente como tal. E claro que na hora de escolher a escola, nem tive dúvida e fui de Ciclo das Vinhas mais uma vez. Além disso irei me utilizar de meu blog para tentar descrever os vinhos que venho degustando com o único intuito de divulgar a minha impressão sobre o assunto. Sei que serei crucificado e axincalhado por profissionais e outros ramos de pessoas que trabalham com vinhos por não ter experiência nem capacidade técnica suficiente para tal mas, como eu mesmo disse a pouco, só estarei divulgando minha opinião. E é claro, continuarei a beber meus  vinhos! Com o andar do curso irei também descrever o que venho sentindo e aprendendo com o mesmo, recomendando ou não o curso para quem estiver disposta a tal.
 
Saúde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário