terça-feira, 15 de março de 2011

Chateau Camplong Cuvée Grande Pièce 2005

Aproveitei minha última aula do curso de sommellerie para enófilos da Alexandra Corvo, na qual falamos e aprendemos sobre os vinhos do Rhône e do Languedoc – Roussilon, para provar um vinho da região neste final de semana. E por sorte eu tinha um vinho desta região em minha adega. O escolhido vem de uma AOC chamada Corbiéres, uma das maiores na França. Este vinho passou por 9 meses de amadurecimento em carvalho e depois um ano em garrafa, antes de ser comercializado.  Vamos as impressões.

Na taça o vinho apresentou cor rubi escura com borda granada, muito brilhante e com alguma transparência. Exibia também muitas lágrimas, finas de média velocidade e com alguma cor.

No nariz o vinho se apresentou timido logo de início, mostrando leve aroma de frutos vermelhos. Aos poucos o vinho foi se mostrando, apresentando também algo de especiarias e leve mentol.

Na boca o vinho apresentou taninos presentes, finos, elegantes. Acidez na medida para acompanhar um bom prato. Confirmou o nariz com o frutado e também algo de tostado ao fundo. Persistência de curta para média.

Um vinho elegante, complexo e que merece decantação pois foi mostrando mais qualidade com o tempo em taça. Aprovado.

Saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário