segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Mais marmelada a vista na Fórmula 1?

Que toda modalidade esportiva nos dias de hoje virou muito mais negócio que competição nós já estamos carecas de saber mas confesso que ao tomar conhecimento de uma investigação que a FIA está instaurando a respeito de um acidente na prova de Singapura no ano passado me estarreceu um pouco. Vamos aos fatos.

Foi ventilado ontem ainda durante a transmissão do GP da Bélgica de F1 que a FIA está investigando o acidente de Nelsinho Piquet (sim, esse mesmo que foi demitido da equipe Renault este ano sob alegação de não corresponder técnicamente ao esperado e que alardeaou aos quatro cantos que foi "sacaneado" pelo chefão da escuderia) no GP noturno de Singapura no mundial do ano passado. Todos lembramos que neste GP Nelsinho bateu seu carro e provocou a entrada do safety car, fazendo com que a estratégia masoquista de Alonso desse certo e este vencesse a corrida na ocasião. A alegação da FIA (inclusive já levantado por alguns logo após o GP do ano passado, Felipe Massa inclusive) é que o acidente foi premeditado pela equipe Renault e que Nelsinho havia batido o carro de propósito (sim, vocês entenderam direito, ele socou o carro causando um acidente de propósito!) em prol de seu companheiro de equipe. Lembremos ainda que neste GP Felipe Massa, ainda lutando pelo título do mundial de pilotos, teve sua corrida prejudicada pela equipe Ferrari quando entrou nos boxes em virtude do safety car, fazendo com que muitos acreditem que ele perdera a corrida e o mundial nesta ocasião.

Mas o que eu queria mesmo discutir é a falta de ética e amor próprio de um piloto que, caso tenha confirmada a acusação, teria ao ocasionar um acidente proposital na corrida, colocando sua vida e a de outros em perigo! A que ponto chegou o tão fadado "business" (roubando palavras do Vice de futebol do Corínthians Mario Gobbi) do esporte em geral? As declaração de Nelsinho ao ser demitido da escuderia perderiam até o sentido uma vez que ele se sujeitou a tamanha sujeira! Caso se confirmem tais informações eu sinceramente espero que Nelsinho e todos que participaram da falcatrua, Alonso e equipe Renault inclusive, tivessem punições exemplares a ponto de serem desclassificados do mundial atual ou mesmo banidos do esporte, mesmo que por um determinado período de tempo! E pior, caso se confirmem tais acusações, será que poderemos confiar em mais alguém do meio? E com relação ao esporte? Depois do arquivamento do caso da máfia do apito no campeonato brasileiro de futebol e agora estas acusações (sem lembrar a marmelada da Ferrari que obrigou Rubinho a deixar que Schumacher o ultrapassasse quando ele vencia o GP e Schumi era segundo colocado) será que poderemos voltar a assistir a corridas e torcermos sabendo que os resultados podem estar arranjados? Eu deixo aberto a todos que queiram das suas opiniões a caixa de comentários do blog, pois eu estou indignado demais pra continuar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário