quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

10 anos de um título importante, doa a quem doer


Sim, o Corínthians é campeão mundial. Podem contestar o quanto quiser. A maior entidade representante do esporte no mundo, estampa a conquista em seu site. E é neste mês de janeiro que se comemoram dez anos do feito, digno de muito orgulho pra nós corinthianos. E vejam só o que eu encontrei em minhas andanças pela internet: um post do blog de um dos maiores anti-corinthianos da história concordando com o título e dizendo que nada pode se fazer, que o timão foi campeão do mundo e ponto final. De quem estou falando? Milton Neves, vulgo cabeção. Claro que não foi ele quem escreveu, mas deu a sua chancela. O post? Segue abaixo. Mas já vou adiantar, corinthianos apostólicos romanos, eu me emocionei com a lembrança.


por Roberto Zanin, colunista do Terceiro Tempo

Além das festas do centenário, 2010 é importante para o Sport Club Corinthians Paulista, porque nele se comemoram os dez anos da conquista mais importante da história do clube: o Primeiro Campeonato Mundial Interclubes, da FIFA.

Em janeiro de 2000, oito clubes de todas as partes do planeta se reuniram no Rio e em São Paulo para a competição. Talvez nunca haverá, em outro torneio, uma plêiade de craques como a daquele campeonato: o Real Madrid, espécie de seleção multinacional: Roberto Carlos, Casillas, Hierro, Raul, Fernando Redondo e Anelka; no banco, reservas de luxo como Sávio, Morientes, e até um promissor jovem camaronês, Samuel Eto´o .

O Manchester United tinha jogadores como Gary Nevile, Dwight Yorke, Ryan Giggs, Andy Cole e o então jovem astro David Beckham. O Vasco da Gama, com um time reforçado para ganhar o título inédito: Mauro Galvão, Juninho Pernambucano, Ramon, Edmundo e Romário, com jogadores como Donizete e Viola no banco.

Para encarar essa turma, o mosqueteiro escalava o nervos de aço Dida, o incansável Índio, o vigoroso Fabio Luciano, o experiente Adilson Baptista e o preciso Kléber.

O meio campo com os clássicos Vampeta e Rincon, o cerebral Ricardinho e o insinuante Marcelinho. No ataque, o lépido Edilson (O bola de ouro do Mundial) e o artilheiro Luisão.

Mas como tudo o que envolve o Corinthians, os adversários jamais admitem a importância do título. Mas o pior para eles é que todos os seus argumentos são facilmente desmontados.

Falam do “gol” de Fábio Luciano, em que a bola realmente não entrou, mas se esquecem do gol legítimo do zagueiro João Carlos que daria a vitória contra o Real Madrid, que o árbitro anulou.

Outra objeção: por que o Corinthians foi o representante do Brasil?

Como toda competição da FIFA, a entidade garante vaga ao representante do país-sede. Como o campeão brasileiro de 99 seria conhecido às portas do Mundial, optou-se por indicar o campeão de 98.

Por sorte e competência, o Corinthians entrou como campeão de 98 e confirmou o acerto da escolha ganhando, também, o Brasileirão de 99.

O Vasco entrou como campeão da Libertadores de 98. O Manchester participou como campeão europeu de 99 e o Real como campeão intercontinental de 98.

Aliás, o único país que considera campeão mundial o vencedor do charmoso jogo entre campeão da Libertadores e campeão europeu é o Brasil. Veja o site do Real Madrid: http://www.realmadrid.com/cs/Satellite/es/Club/1193040475224/PalmaresTotal/Palmares.htm; ou o do Boca Juniors: http://www.bocajuniors.com.ar/el-club/titulos

Se o amigo leitor consultar o site do Milan ou do Barcelona, encontrará o mesmo adjetivo, “Intercontinental”, para designar a taça obtida em jogo com oponentes de apenas dois continentes.

Talvez seja o complexo de vira-lata, como dizia Nelson Rodrigues, mas parece que dizer que o Flamengo ou o Grêmio, por exemplo, são campeões intercontinentais diminuiria o feito. Mas trata-se de questão elementar. Basta consultar o dicionário.

O Houaiss, por exemplo, explica: “Mundial: relativo ao mundo como um todo, à terra inteira; geral, universal”. Ou seja: de fato, com a presença de equipes de todos os continentes, a competição de 2000, organizada pela FIFA, geraria o primeiro campeão mundial.

Outro argumento de pouca inteligência é de que o título do Corinthians não é legítimo por ele não ter vencido a Libertadores. Ora, então vamos considerar ilegítimos os títulos do Uruguai, em 30; da Itália, em 34; da Inglaterra, em 66; da Alemanha, em 74; da Argentina, em 78 e da França, em 98?

Essas seleções não disputaram as eliminatórias, por que eram anfitriões da Copa e foram campeãs.

O que aumenta ainda mais a façanha do Corinthians é que, apesar do campeonato ter sido disputado no Brasil, o alvinegro disputou o título na casa do adversário.

O jogo foi cardíaco, tenso. Afinal, com as duplas de ataque que estavam em campo, qualquer erro seria fatal. O Corinthians, que já iniciara o torneio com o elenco cansado, combalido, teve que suportar, também, a prorrogação. Nos pênaltis, com gols de Rincón, Fernando Baiano, Luisão e Edu, uma defesa de Dida e o erro de Edmundo, o Mundo se tornava preto e branco. O capitão Rincón recebeu o troféu do presidente da FIFA, Joseph Blatter.

Parabéns, Corinthians! Cem anos de vida. Dez anos do Mundial.

2 comentários:

  1. Alemanha (Borussia Dortmund)
    http://www.bvb.de/?%9E%5E%1B%E4%F4%9D
    BVB beats South American champions Cruzeiro Esporte Clube 2-0 in Tokyo in the World Cup for the clubs tournament.

    Argentina (Boca Juniors)
    http://www.bocajuniors.com.ar/la-bombonera/historia
    El 27 de diciembre de 2000, un mes después de haberse consagrado campeón del mundo en Japón...

    Argentina (Veléz Sarsfield)
    http://www.velezsarsfield.com.ar/club/historia/
    ... diciembre de 1994 Vélez se consagró Campeón del Mundo.

    Argentina (Racing)
    http://www.racingclub.com.ar/detalle.php?id=21&seccion=secciones
    ..., hacia la gloria, hacia la eternidad. Racing 1 vs. Celtic 0. Racing campeón del mundo.
    ... en la Copa Libertadores, le dieron a Racing la posibilidad de ser el mejor del mundo ante Celtic.
    http://www.racingclub.com.ar/detalle/noticias/2180/
    ...el inmortal “equipo de José” se transformó en leyenda al consagrarse Campeón Mundial ante el Celtic escocés.
    ...el equipo de Juan José Pizzuti se cristalizaron en un solo grito: ¡RACING CLUB CAMPEON MUNDIAL

    Espanha (Real Madrid)
    http://www.realmadrid.com/cs/Satellite/es/1202792064582/noticia/NoticiaComentario/Tal_dia_como_hoy..._en_1960.htm
    ...con ciento veinte mil espectadores que no quisieron perderse aquella cita histórica, con la oportunidad de ver a su equipo coronado como campeón del mundo.
    ...jugadores que querían dejar bien claro quién era el mejor equipo del mundo.

    Holanda (Ajax)
    http://spanish.ajax.nl/El-Club/El-Club.htm
    el Ajax consigue nuevamente ser campeón del mundo en Tokio. El equipo brasileño del Gremio es derrotado en los penaltis.

    Inglaterra (Manchester United)- sobre a conquista do título de 1999:
    http://www.manutd.com/en/Club/Trophy-Room/InterContinental-Cup.aspx
    United crowned world champions for the first time (Última linha do último parágrafo)
    United coroado campeão mundial pela primeira vez

    Itália (Juventus)
    http://www.juventus.com/site/ita/NEWS_newseventi_1D8CCEEC5A5E4400ACCF3C2389A323C9.asp
    26 novembre 1996, Juventus Campione del Mondo

    Itália (Milan)
    http://www.acmilan.com/pt/news/show/58484
    Defendeu o orgulho europeu, alcançou o recorde absoluto de vitórias mundiais - quatro.
    OS 4 SUCESSOS MUNDIAIS DOS ROSSONERI
    1969: MILAN-ESTUDIANTES 3-0//ESTUDIANTES-MILAN 2-1
    1989: MILAN-ATLETICO N. MEDELLIN 1-0
    1990: MILAN-OLIMPIA ASSUNCION 3-0
    2007: BOCA JUNIORS-MILAN 2-4

    Uruguai (Nacional)
    http://www.nacionaldigital.com/historia/copa_intercontinental88.htm
    Por tercera vez Nacional es Campeón del Mundo, orgullo del fútbol uruguayo por su corrección ejemplar dentro y fuera de la cancha.
    http://www.nacional.com.uy/mvdcms/uc_3398_1.html
    Por tercera vez Nacional es Campeón del Mundo, orgullo del fútbol uruguayo por su corrección ejemplar dentro y fuera de la cancha.
    http://www.nacional.com.uy/mvdcms/uc_3396_1.html
    Copa Intercontinental 1980
    Nos faltaba la disputa de la Copa Intercontinental para lograr nuevamente como en el 71 ser los mejores del mundo.
    http://www.nacional.com.uy/mvdcms/uc_3394_1.html
    Copa Intercontinental 1971
    Nacional también en esa cancha fue campeón del mundo.

    Inglaterra (Liverpool) – nunca foi campeão
    Diz sobre sobre a disputa com o Flamengo, em 1981 ...
    In 1981 Liverpool were beaten 3-0 by a Zico inspired Flamengo in the World Club championship
    http://www.liverpoolfc.tv/news/latest-news/reds-legends-lose-in-kuala-lumpar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui tem muito mais sites de clubes

      http://mundiaisinterclubes.blogspot.com.br

      Excluir