segunda-feira, 18 de abril de 2011

Educated Guess Cabernet Sauvignon 2006

Desde que comecei a me envolver mais no mundo dos vinhos eu descobri os clubes de vinhos. Sim, quase como confrarias, você se associa a um deles e em determinados períodos (mensalmente, bimestralmente, etc.) recebe de duas a seis garrafas de vinho (depende do clube ao qual se associou, sua possibilidade de pagar por mais ou menos, etc.) escolhidas pelo enólogo da loja/importadora/gestora do clube, geralmente por preços promocionais tendo em vista os preços praticados no mercado de uma forma geral. Depois de muito pensar e estudar um pouco sobre resolvi me associar ao SmartBuy Club, da importadora SmartBuy Wines. Já recebi duas remessas, que são bimestrais e constam de três vinhos cada mas ainda não havia provado os vinhos, até este final de semana. E é sobre um deles que gostaria de falar.

Primeiramente gostaria de falar um pouco sobre a importadora, que tem como diferencial o foco principalmente em vinhos californianos, mas que também trabalha com algumas vinícolas de outras regiões do mundo. O fato é que os vinhos por ela trazidos são normalmente muito bem vistos pela crítica mundial (inclusive com boas pontuações, geralmente 90 ou mais pontos) e normalmente com preços relativamente competitivos se levarmos em conta os preços praticados em nosso mercado. Além de tudo a importadora se utiliza de muito bom humor e relembra a época da lei seca nos EUA, brincando com o fato de que seus vinhos possuem preços mais camaradas por serem fruto de contrabando, utilizando inclusive embalagens disfarçadas de embalagem de material de escritório para a entrega dos vinhos em nossa residência. Por enquanto, tenho tido boas experiências com eles.

Voltando um pouco pro vinho propriamente dito, este exemplar veio diretamente do Napa Valley, na Califórnia e produzido pela Vinícola Roots Run Deep. Fundada em 2005, a vinícola se propõe a fazer vinhos sem paralelos produzidos na região mas que possuem preços mais módicos e de maior acessibilidade do que suas concorrentes. A linha Educated Guess é a linha de lançamento da vinícola e também já pode ser considerado sua linha mais icônica. Uma curiosidade é que o nome vem da expressão mais ou menos como “chute aproximado”, ou seja, quando você não tem muita certeza da decisão mas levando em conta alguns parâmetros, pode fazer um chute mais certeiro por assim se dizer. Dizem na vinícola que esta idéia veio pelo enólogo que dizia que muitas variáveis podem afetar a qualidade de um vinho e que desta maneira ele fazia alguns chutes aproximados quando formulava os vinhos. Outro destaque é o rótulo do vinho, que trás algumas fórmulas e equações químicas advindas do processo produtivo do vinho, induzidas ou naturais, e que mostram onde muitas vezes o enólogo pode fazer seu “educated guess”. Sem mais lenga lenga, vamos ao vinho.
O vinho tem uma composição deveras curiosa. Apesar de ostentar o nome da cabernet sauvignon no rótulo (85%), possui ainda 12% de merlot, 3% de Petit Verdot e 3% de Cabernet Franc. Esta composição varia de acordo com a safra. Preciso verificar se existe alguma legislação sobre isto nos EUA. Além disso o vinho estagiou por 12 meses em carvalho francês e americano, sendo que destes 60% eram novos.

Na taça mostrou uma coloração rubi violácea bem concentrada, levemente transparente, muito brilhante e bonita. Lágrimas finas, abundantes e coloridas tingiam a taça mostrando ainda muita potência frente aos 5 anos do vinho.

No nariz o vinho se mostrou deveras exuberante. Abriu com um belo aroma de frutas, lembrando cereja e cassis. Depois de um tempo podia-se sentir um toque de especiarias, detacando-se pimenta e também um pouco de baunilha. Aliás, depois de mais um tempo em taça esta baunilha evoluiu para algo perto de capuccino e abriram ainda um leve tostado e lembrança de alcaçuz. Muito interessante este nariz!

Na boca o vinho se mostrou com bom corpo, taninos finos, aveludados, de muita qualidade. Acidez e álcool balanceados, sem que qualquer um dos dois se mostrasse mais que o outro. Confirmou na boca o frutado, a baunilha e o final tostado, bem leve e sem apresentar qualquer amargor residual. Muita personalidade que só foi melhorando com o tempo em que passou em taça. Casou lindamente com uma rabada preparada neste domingo em casa, reduzida também num molho de tomate e vinho.

Excelente início com os vinhos da SmartBuy e mais ainda com os cabernet californianos, pois ainda não tinha tido a oportunidade de provar. Mais do que aprovei e recomendo! Estou muito curioso com os demais vinhos enviados pela importadora. Assim que prová-los, conto a experiência pra vocês.

Saúde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário