segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Vinheria Percussi & Tascante Ghiaia Nera 2011: Gratas Surpresas!

A tempos vinha com a intenção de visitar a Vinheria Percussi, mas por um motivo ou pelo outro, acabava sempre postergando. Acontece que no final do ano passado eu acabei conseguindo concretizar esta minha vontade e agora tive tempo de organizar minhas idéias e, finalmente vou compartilhar com vocês minha impressão.

O restaurante possui um ambiente pequeno porém muito bem organizado, requintado e intimista além de muito bem decorado e agradável. A cozinha italiana contemporânea prima pela qualidade de seus ingredientes e na execução dos pratos. O atendimento é muito cordial e, na medida do possível, bem afável e quase personalizado. Além do já dito anteriormente, possui ainda uma bela carta de vinhos e uma seleção de azeites de cair o queixo, todos italianos e de qualidade indiscutível. Surpreende ainda que em meio a tanta tradição e apreço por pratos clássicos, alia ainda o uso de tecnologia (tablets) em seus cardápios/carta de vinhos o que facilita muito a vida do consumidor.

Ravioles duplos com recheio de ossobuco e burrata em molho aveludado de carne

Falando de nossas opções, ao me deparar com o cardápio logo me encantei por um prato de ossobuco, mas infelizmente segundo o maitre, o mesmo não estava disponível no dia. Prontamente porém, o maitre já me sugeriu um substituto a altura e fui de Ravioles duplos com recheio de ossobuco e burrata em molho aveludado de carne. Escolha perfeita, prato em quantidade mais do que satisfatória com uma massa fresca cozida a perfeição, untuosidade na medida e recheio incrivelmente saboroso. Ponto pra Vinheria Percussi. Minha esposa por sua vez foi de risoto de lulas, com arroz al dente e uma quantidade muito boa de lula, o que tornou a experiência inesquecível.


O vinho escolhido para acompanhar a refeição foi outra grata surpresa. Depois de passear um pouco sobre as opções disponíveis, achei por bem escolher um vinho italiano para tentar criar uma harmonização regional por assim se dizer. E a escolha recaiu sobre o Tascante Ghiaia Nera 2011, proveniente da Sicília. Vamos ver o que descobrimos sobre ele?


O vinho em questão, o Tascante Ghiaia Nera 2011, é produzido pela Tasca d'Almerita, fundada em 1830 na privilegiada localização de um antigo domínio feudal siciliano, a Tasca d’Almerita é um dos mais famosos e históricos produtores da Itália. Seus vinhos cheios de sabor e tipicidade são elaborados na famosa propriedade Regaleali, muito bem localizada no coração da Sicília, em uma alta colina. A propriedade dá o nome a seus vinhos mais emblemáticos, que fizeram a história do vinho de qualidade na Sicília. É feito com 100% de uvas Nerello Mascalese de vinhedos plantados a 600 metros no declive norte do vulcão Etna. envelhece em grandes tonéis de carvalho por 12 meses. Vamos as impressões?


Na taça o vinho apresentou uma bonita coloração rubi de média intensidade, bom brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas e incolores também se faziam notar. No nariz o vinho apresentou aromas de frutos escuros, especiarias, tabaco e toques animais de couro. Bastante complexidade. Na boca o vinho apresentou corpo médio para encorpado, salivante acidez e taninos macios. O retrogosto confirma o olfato e o final era longo de inesquecível. Um belíssimo vinho italiano, sem sombra de dúvidas.

Depois de uma refeição como esta, tive todas minhas vontade satisfeitas. Valeu o tempo da espera para visitar a Vinheria Percussi. Eu recomendo o lugar, o vinho, enfim, aproveite sem moderação. Não é barato, mas vale o quanto cobra.

Até o próximo!

2 comentários:

  1. Que coisa boa saber de sua feliz experiência na Vinheria, Victor! Agradeço por sua palavras e espero que não tarde em retornar. Será muito bem-vindo!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lamberto,

      Obrigado por prestigiar e saiba que, as palavras aqui escritas são sinceras. Eu também não vejo a hora de voltar.

      Forte abraço.

      Excluir