terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Conde de Los Andes Gran Reserva 2001


Mais um grande exemplar espanhol degustado neste final de semana, desta vez um gran reserva. Este vinho é feito com as uvas Tempranillo e Mazuelo, ambas características da Espanha. O produtor é Federico Paternina e possui vinícolas em Rioja, Jerez e Ribeira Del Duero.

Fazendo uma parentese na apresentação do vinho, falemos um pouco sobre o que quer dizer  a escrita gran reserva em seu rótulo.  Esta denominação que geralmente aparece nos vinhos espanhóis, assim como crianza e reserva, tem relação com o tempo mínimo pelo qual este vinho deva passar por envelhecimento em carvalho e em garrafa antes de ser posto no mercado para venda, o que no caso do gran reserva significa normalmente no mínimo 18 meses em barrica e algo em torno de 12 meses em garrafa. No caso específico deste vinho, segundo o site do produtor o mesmo permaneceu 30 meses em carvalho, sim, acreditem, 30 meses! 

Voltando ao vinho em questão, o rótulo muito bonito e trabalhado já demonstra o cuidado que o produtor tem na produção deste exemplar, sendo este um dos top de linha da vinícola. Ao colocar o mesmo na taça já era possível verificar seu grau de evolução pois sua cor era um vermelho acastanhado com reflexos granada. Lágrimas em abundância, rápidas e incolores.

No nariz um vinho bem complexo, abrindo com frutas maduras em abundância, sem conseguir identificar ao certo, mas eu pensei em algo como framboesas. Depois de um pouco de agitação os aromas provenientes da evolução em barricas se apresentaram: algo como baunilha e couro, muito bem integrados faziam parte do conjunto. 

Ao paladar o vinho é muito elegante, taninos presentes e firmes apesar da idade o que pode indicar que o vinho ainda pode evoluir um pouco em garrafa. Álcool muito bem integrado ao conjunto (13%) e acidez na medida. Trazia de volta ainda a fruta inicial e um pouco de tostado. Retrogosto duradouro. Um vinho bem gostoso mesmo, fácil de beber apesar de certa rusticidade.

Este foi comprado em Atibaia, numa lojinha de um senhor que tem muita história e conhecimento pra passar deste mundo vinícola, que vale a visita pra quem estiver por lá. Infelizmente não lembro o nome da loja mas meu irmão poderá me ajudar caso venha a ler o post!

Enfim, mais um recomendado!

Um comentário:

  1. Esse vinho pode ser comprado na VinhoClic. Fale conosco vendas@vinhoclic.com.br

    ResponderExcluir