terça-feira, 13 de novembro de 2012

Somm: documentário mostra a preparação para os exames de Master of Wine

O documentário em questão segue a rotina de quatro candidatos ao maior título que um sommelier pode almejar, o de Master of Wine, e fez sua estréia esta semana no festival de filmes do Napa Valley, na Califórnia. Nele, fica mais do que evidente que as pessoas que atingem este título são mais do que dedicados a sua profissão, são obssecados. O filme foca também na relação de amizade entre estes quatro candidatos, suas características individuais e como cada característica influi na relação entre eles. 

Nada menos do que apenas 200 pessoas ao redor do mundo ostentam este título, o que mostra o quão difícil o mesmo é para se obter. O exame final consta de três partes: serviço do vinho, teoria e degustação as cegas. O foco do filme se dá então em toda fase preparatória e de estudos até os dias que antecedem o exame e posteriormente como os candidatos lidam com os resultados obtidos, podendo estes serem bons ou não. É uma busca insana pelo sucesso que acarreta em noites de estudo em claro, família negligenciada, muitos livros e anotações, cuspideiras por todo lugar e muitos, mas muitos vinhos degustados ao longo deste período. 

Momentos de humor são também mostrados no filme, como por exemplo momentos em que os candidatos são aconselhados a dar um tempo apenas a poucos dia dos exames e ir ver um filme ou mesmo fazer uma massagem. Além disso, outro candidato vai ao médico pedir remédios que façam com que seu nariz esteja totalmente livre no dia do exame. Tudo isso com o intuito de se poder sentir no dia aromas mais diversos como urina de gato e frutas frescas do bosque da Birmânia.

Apesar de todo assunto relacionado ao vinho, o filme também trás as famosas lições de moral como amizade, camaradagem, dedicação aos estudos e sucesso profissional que a maioria dos filmes "comuns" trás para aqueles que não estão envolvidos no mundo do vinho, tornando a diversão também agradável para o público em geral. 

Confesso que não vi ainda o documentário mas que estou deveras curioso para tal. Imagino que deva ser extremamente desgastante a rotina destes candidatos. Me lembro da época em que fiz meu curso, que mesmo não seja neste nível de exigência, me tomou um tempinho legal. Depois conto o que achei do filme.

Até o próximo!

Matéria original publicada em www.winespectator.com 

Nenhum comentário:

Postar um comentário