quinta-feira, 30 de março de 2017

Clos des Fous Pinot Noir Latuffa 2014

O vinho de hoje é de um projeto de autor, a vinícola Clos des Fous, um até certo ponto novo e pequeno produtor independente, com sede em Maule, no sul do Chile e que surgiu em 2008. Os 'fous' (tolos) no nome da vinícola são quatro amigos, incluindo o enólogo François Massoc e Pedro Parra, o gênio do terroir do Chile, que se reuniram na Borgonha. Somam-se a eles ainda Paco Leyton (enólogo e viticultor) e Albert Cussen (o "portador da sabedoria"). A filosofia da Clos des Fous é de explorar grandes vinhedos fora das áreas vinícolas tradicionais chilenas, especialmente aquelas nas condições extremas mais ao sul e no leste - descritas como "loucura" por seus pares no país. Além disso, Pedro Parra acredita que os solos rochosos resultam em menor vigor da videira e raízes mais profundas, o que ele acredita dá um melhor equilíbrio e mais finesse aos vinhos. A Clos des Fous opera segundo o princípio da intervenção minimalista, inspirado nas experiências dos parceiros na Borgonha.


Já sobre o Clos des Fous Pinot Noir Latuffa 2014 podemos ainda acrescentar que é um vinho 100% Pinot Noir com uvas oriundas do vinhedo conhecido como Traiguen, localizado em Malleco D.O., a denominação de vinho mais ao sul e mais frio no Chile. O clima é continental, frio, nublado, com 900 a 1.200 mm de precipitação por ano. As videiras não são irrigadas. Passagem de 24 meses em carvalho. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou coloração rubi violácea de média intensidade com bom brilho e limpidez. Lágrimas finas, rápidas e incolores também se faziam notar.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos vermelhos bem frescos, flores e algo de baunilha ao fundo. Com algum tempo em taça notas de folhas e ervas também se apresentam.

Na boca o vinho apresentou corpo médio, taninos finos e uma acidez refrescante. O retrogosto confirma o olfato e o final era de longa duração.

Um bom vinho feito a partir da casta Pinot Noir no Chile, que tem mostrado especial aptidão para o cultivo desta uva em seus climas mais frios, trazendo boa tipicidade. Eu recomendo a prova.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário