quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Encontro Explosivo

Uma mulher solitária que trabalha com restauração de carros. Um agente secreto envolvido em uma rede de traições e espionagem. Uma série de coincidências faz com que estas pessoas se encontrem e passem a depender um do outro para sua sobrivênvcia. Parece uma história improvavel mas é a linha base de "Encontro Explosivo", filme que conta com Tom Cruise no papel de Roy Wilner (o agente secreto) e Cameron Diaz no papel de June (a tal mulher citada linhas acima). Paralelamente a isto algumas histórias se desenvolvem e passamos a conhecer um pouco melhor da vida de June e sua saga para conseguir chegar ao casamento de sua irmã ou Roy e como ele passa de agente da CIA a perseguido pela própria agência.

A química entre o casal de protagonistas faz com que suas as cenas pareçam ser reais aos olhos dos espectadores. A edição em ritimo acelerado, quase em forma de video clipe e a trilha sonora (eles tocam até Gotan Project!) completam um conjunto harmonioso. Além disso existe um balanceamento muito bom entre comédia e ação que nos faz rir ao mesmo tempo que pregamos os olhos na telinha esperando pelos próximos acontecimentos. E este é a meu ver o mérito do filme pois quando parece que ficaremos cansados das cenas de amor somos brindados por perseguições e tiros com motos, carros, etc. E Tom Cruise nos brinda com uma de suas melhores atuações. Um misto de canalha com galã, James Bond com um charlatão qualquer ao passo que Cameron Dias faz com que o filme não se torne masculinizado demais e dá um tom mais leve a trama de espionagem e traição. Uma das cenas mais hilárias é quando Roy é capturado em uma das vezes em que é perseguido e é torturado enquanto June está amarrada e dopada e em menos de 30 segundos o mesmo já se libertou e se livrou de seus vigias e está novamente em fuga carregando June em seus ombros. É diversão na certa!

Prepare a sessão de cinema em casa, chame a família e todos juntos assistam ao filme, pois ele não tem contra indicações. Garanto que serão pouco mais de uma hora e meia de pura diversão.

Mais do que recomendado!

Nenhum comentário:

Postar um comentário