terça-feira, 2 de novembro de 2010

Vinho Casa Venturini Chardonnay Reserva 2007

Feriado sem muito o que fazer em casa resolvi tomar um brasileirinho branco pra acompanhar o almoço. Este foi adquirido na loja da Vinícola Góes & Venturini na cidade de São Roque, interior de Sampa. Vale lembrar que a vinícola é uma joint venture da vinícola paulista Góes e da vinícola gaúcha Casa Venturini, de Flores da Cunha no Rio Grande do Sul. Segundo o produtor, este vinho é de produção limitada e esta safra 2007 já recebeu diversas premiações nacionais e internacionais, entre as quais eu destacaria: prata no VIII Concurso de Vino Bachus em Madrid, bronze no Challenge International du Vin 2008, galo de ouro no 7o Concurso Internacional de Flores da Cunha e ficou entre os representativos na 15a Avaliação Brasileira de Vinhos de 2007.Vamos as impressões.

Na taça o vinho apresentou uma coloração amarelho dourado com reflexos esverdeados mostrando já sua evolução. No nariz a impressão nítida é de abacaxi e maracujá bem menos intenso ao fundo. Na boca o vinho mostrou corpo médio porém eu senti que faltou um pouco de acidez, apesar de não ser prejudicial. De persistência média o palato confirmou o nariz com abacaxi bem evidente. A graduação alcoólica de 13,2% passa despercebida por estar devidamente integrada com o restante do conjunto. Ao final ainda era possível sentir uma certa picância na lingua, quase como umas agulhadinhas bem interessantes.

Em suma um vinho muito correto e pelo preço que tem apresentado (em torno de R$ 35,00 - 40,00) acho que pode ser considerado um bom custo benefício. É perfeito para um dia mais quente em conjunto com pratos mais leves de frutos do mar/peixes. No meu caso foi bem com filés de Saint Peter a milanesa e arroz com brócolis. Recomendado!

Obs.: Post editado para inclusão de uma foto, que não ficou lá estas coisas mas serve para ilustração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário