terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Mionetto Vivo

Dando continuidade ao post anterior, vou falar um pouco do espumante que degustamos junto ao jantar no Suri Ceviche Bar. 

Este espumante é um produzido pela vinícola Mionetto que está localizada no Vêneto, na Itália e possui mais de cem anos de história produzindo uma larga gama de produtos. Composto pelas uvas Pinot Blanc, Chardonnay, Verduzzo, Riesling e Sauvignon Blanc (embora sem saber ao certo as proporções da mesmas na composição final) é produzido pelo método charmat (segunda fermentação do espumante acontece em grades tanques de inox) e possui classificação extra dry ( de acordo com o açúcar residual dos processos de fermentação, falarei com mais detalhes em algum outro post específico). Vamos as impressões.

Na taça apresentou coloração amarelho palha com reflexos esverdeados ou levemente amarelados. A perlage em taça se mostrou fina, abundante de certo modo ligeira embora não leve isto muito em consideração uma vez que a limpeza da taça pode influir e muito para a mudança desta tensão superficial.

No nariz uma explosão de aromas, provavelmente pela quantidade de uvas utilizadas em sua produção. De começo alguma coisa de frutas brancas puxando pra pêssego e maracujá. Já em seguida foi possível também sentir aromas florais e leve toque mineral. Ao final, aquele toque de brioche característico da segunda fermentação e do contato com as leveduras, embora pelo método charmat, apareceu bem sutilmente. 

Na boca possui imensa cremosidade formando um colchão de espumas e com uma acidez incrivelmente refrescante quase gerando aquelas agulhadinhas sentidas na ponta da língua. Remete a maracujá e abacaxi no palato e trouxe ainda a pequena lembrança mineral mais uma vez. Persistência média-longa, ficou por um bom tempo na boca sim!

Achei um espumante muito bom e com um preço honesto no restaurante. Pretendo comprá-lo outra vez pra degustá-lo em casa!! Quem tiver interesse vai fundo que vale muito a pena!

Saúde!

Nenhum comentário:

Postar um comentário