sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Dicas para comprar melhor seu vinho

De vez em quando algumas pessoas me perguntam como eu faço pra comprar meus vinhos e pedem dicas de como proceder quando querem se iniciar no mundo dos vinhos. Acontece que nem sempre eu sei ao certo como responder tal pergunta. Evidentemente que sempre que possível eu digo: "siga seu gosto e prove o vinho antes de levá-lo pra casa". Evidentemente que nem sempre isto é possível, mas em minhas andanças virtuais encontrei um pequeno apanhado de dicas que eu acho que podem ser úteis e resolvi compartilhar. Se vocês, prezados leitores, quiserem concordar, discordar ou acrescentar algo, por favor insisto para que façam, que tornem este post bem interativo. Seguem as dicas:


1. Sempre provar antes de comprar. Não fique preso comprando o que os seus amigos ou os críticos chamam de melhor. Confie no seu próprio paladar. Prove uma garrafa antes de comprar seis garrafas ou uma caixa de determinado vinho;

2. Diversifique sua coleção. Você pode ter paixões por um determinado tipo de vinho ou outro, mas a variedade é o tempero da vida com vinho, então faça suas compras sempre de maneira diversificada;

3. Busque sempre o bom custo benefício. Mude sua maneira de encarar determinados vinhos e procure sempre aquele que lhe dê mais prazer gastando uma menor quantia de dinheiro;

4. Beba os seus vinhos antes que eles fiquem demasiadamente velhos. Até mesmo os vinhos tintos com maior capacidade de envelhecimento (alguns dignos representantes de Bordeaux, por exemplo) atingem um ápice de prazer com 10 anos ou pouco mais que isso. Afinal de contas, você pagou um bom dinheiro por seus vinhos, não os deixe estragar;

5. Mantenha os custos em perspectiva. Alguns vinhos finos são caros, mas muitos vinhos bem feitos a preços razoáveis ​​são ignorados porque eles não têm a imagem e o prestígio dado a vinhos mais caros;

6. Comprar vinho em caixas. A maioria dos varejistas oferecem descontos ou garrafas extras quando você adquire quantidades maiores. Caso não vá consumir uma grande quantidade de determinado vinho, se junte a amigos, parentes e outros para efetuar a compra;

7. Cuidado com a estrela do ano passado. O herói do ano passado pode vir a ser o bode deste ano;

8. Estoque um determinado vinho que você mais gosta de modo que você não fique sem ou hesite em abrir a última garrafa;

9. Investir no mercado futuro pode ser um negócio (muito) arriscado;

10. Reúna seus vinhos com rima e da razão. Pense sobre suas necessidades antes de partir para a farra com o seu dinheiro.

E então, prezados leitores, o que acharam da lista? Enviem suas sugestões também!

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário