sábado, 2 de novembro de 2013

Um soco no estômago: Cerveja Invicta Imperial India Pale Ale 1000 IBU!

Começo o post explicando o que é IBU, tirando a explicação da própria garrafa da cerveja: International Bittering Units é a unidade usada para mensurar o grau de amargor de uma cerveja. Para comparação, o Imperial India Pale Ale (estilo mais amargo entre as cervejas)costuma marcar por volta dos 100, e não é por acaso, afinal o paladar humano não consegue detectar amargor muito além disso. Diremos então que 1000 IBU é uma marca teórica e que, muito mais que o valor em si, o que tem por trás disto é muita mídia e atenção que a cerveja atraiu.


Pronto, dito isto agora voltemos ao que interessa. A Cervejaria Invicta se encontra em Ribeirão Preto, no interior de Sampa e acabei por descobrir e provar alguns de seus produtos recentemente quando visitei o Bar Velhas Virgens Rockin'Beer (veja aqui minhas impressões). E como estava ouvindo o burburinho a respeito desta cerveja amarguíssima e a encontrei simplesmente atravessando a rua, resolvi experimentar. O responsável por isso foi o Celso, do Empório Hopfields aqui de São José dos Campos. 

A cerveja é feita num processo de alta fermentação com adição de vários tipos de lúpulo, o que resulta por este alto índice de amargor residual (por favor cervejeiros de plantão, estou aprendendo, portanto se eu falar besteira por favor me corrijam!), entre outros pormenores. O grau alcoólico também é mais elevado do que cervejas consideras "comuns" e está em 8%.  Vamos as impressões.

No copo a cerveja mostrou uma cor ambar bem escura, quase marrom com um creme de cor bege, alto, bem espesso e duradouro.

No nariz aromas de ervas e de frutas lembrando maracujá. Tostado de fundo.

Na boca uma cerveja encorpada, suculenta e que confirma o burburinho: o amargor é intenso e duradouro, porém a meu ver integrado com a cerveja em si. Com comida até melhora. 

Confesso que não é uma cerveja simples e nem para se beber no dia a dia. Mais do que números (IBU, grau alcoólico, etc.) o que se sobressai é que a Invicta conseguiu equilibrar a cerveja de uma maneira que a "drinkability" da mesma se mantém num nível interessante. Eu recomendo fortemente para quem curte o estilo de cerveja.

Até o próximo! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário