sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Terras do Pó Tinto 2012

Em mais um jantar em família num dia qualquer, resolvi abrir um vinho simples para alegar ainda mais a nossa mesa. Desta vez voltaria a um de meus países favoritos no quesito vinhos: Portugal e este Terras do Pó Tinto 2012. Este também faz parte de minha primeira compra junto ao site Sonoma.


Este vinho é produzida pela gigante Casa Ermelinda Freitas, que possui diversas linhas de vinhos feitos com uvas colhidas em sua própria propriedade, localizada na região de Palmela, em Portugal. É uma região pouco conhecida no Brasil embora o produtor tenha diversos de seus produtos disponíveis por aqui. É um corte de 50% Castelão (Periquita), 30% Syrah e 20% Touriga Nacional que passa por 4 meses de envelhecimento em "meias pipas" de carvalho francês antes de estar disponível no mercado. Vamos as impressões.

Na taça o vinho tinha uma cor rubi violácea de média intensidade, algum brilho e pouca transparência. Lágrimas finas, rápidas e ligeiramente coloridas completavam o conjunto visual.

No nariz aromas de frutos vermelhos, algo de especiarias e toques de baunilha. Fruta em primeiro plano e mais fragrante.

Na boca o vinho tinha corpo leve, boa acidez e taninos finos, marcados e de boa qualidade. Retrogosto confirma o olfato num final de curta duração.

Um vinho simples, cumpre sua função e só. Talvez tenha me decepcionado um pouco, esperando encontrar meus bons e velhos companheiros portugueses. Mas vale conhecer.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário