sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Os EUA e a Lei Seca

Enquanto passeava pelo mundo virtual no dia de ontem, 05 de Dezembro, descobri que esta é a data que se comemora a "abolição" da Lei Seca nos EUA pois é quando a imenda constitucional que tratava do assunto fora superada por outra que tornava então legal a produção e venda de bebida alcoólica em todo os EUA. Mas o que foi e como aconteceu a Lei Seca?

Na história dos Estados Unidos, a Lei Seca, também conhecida como The Noble Experiment, caracteriza o período de 1920 a 1933, durante o qual a venda, fabricação e transporte de bebidas alcoólicas para consumo foram banidas nacionalmente como estipulou a 18°. Aditamento da Constituição dos EUA. Na teoria esta lei viria como um salvamento para o povo norte americano da pobreza e da violência que assolava o país. Num primeiro momento houve grande apoio de diversas partes do povo norte americano, mas com o passar do tempo a fabricação e o comércio ilegal começou a criar uma guerrilha urbana sob as vistas grossas do governo americano. É ai que surge também a máfia e o contrabando. 

Mas tudo isso não passou de um grande fiasco e aos poucos, os próprios defensores da luta anti-álcool se decepcionaram com seus resultados. Argumentando ainda que a legalização das bebidas levaria a um aumento no nível de emprego e uma elevação da economia os opositores do então presidente na época o convenceram a ir ao Congresso e batalhar pela legalização das bebidas alcoólicas. O primeiro passo foi dado com a cerveja e, em 1933, o Congresso americano aboliu por inteiro a Lei Seca.

É claro que existiram muitas outras motivações por trás desta lei, desde religiosas até mesmo xenófobas e anti imigrantes. Mas espero que este pequeno resumo apresentado aqui possa servir de começo para uma discussão saudável. No entanto, só se for regada a muito vinho.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário