quinta-feira, 5 de junho de 2014

Château d'Orval 2009: Um vinho francês surpreendente!

Quando entramos no mundo do vinho, muito ouvimos dizer de Bordeaux na França, como a meca dos vinhos tintos mais encorpados e tal. Acontece que quando começamos a nos aprofundar no assunto, vemos que não é bem assim e que a diversidade de climas, solos e cortes (com as uvas permitidas por legislação em cada Apelação de Origem Controlada) gera uma infinidade de vinhos, desde os mais ordinários para o dia a dia até os mais famosos e considerados top do mundo vitivinícola. Mas, a parte mais legal disso é quando conseguimos encontrar vinhos que são para o dia a dia mas que ao mesmo tempo conseguem mostrar qualidades que nos satisfaçam enquanto consumidores de vinhos. E foi o caso deste Château d'Orval 2009.


O Château D'Orval é uma pequena propriedade no banco direito de Bordeaux, próximo a Saint-Émilion. Na prática, o que isso nos diz é que provavelmente no corte existe o predomínio da uva Merlot, uma vez que a mesma amadurece mais rapidamente e prefere climas e solos mais frescos. E isso se confirma quando checamos a ficha técnica do vinho: 80% de Merlot e 20% de Cabernet Sauvignon.  Além disso passou por nove meses de barricas de primeiro uso e mais seis meses de envelhecimento em caves antes de ser liberado ao mercado. Depois da teoria, que tal irmos a parte prática com as impressões?

Na taça o vinho apresentou coloração rubi de média intensidade com halos violáceos, bom brilho, lágrimas finas, espassadas, rápidas e praticamente incolores.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutas vermelhas maduras e ligeiro toque tostado. Ao fundo, algo de especiaria.

Na boca o vinho apresentou corpo médio, boa acidez e taninos finos, redondos e bem harmônicos com o restante. Retrogosto confirma o olfato. Final de média para longa duração. Um vinho ao mesmo tempo guloso e elegante.

Mas vocês devem estar me perguntando o por que do título, onde chamo o Château d'Orval 2009 de surpreendente, certo? Bem, um vinho com seu preço vindo de Bordeaux não se pode esperar muito mais do que o ordinário. Mas este é diferente! Delicioso, instiga a um novo gole após o outro e caiu bem demais com um risoto de alho poró e medalhões de filé mignon. Eu recomendo!

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário