quarta-feira, 25 de junho de 2014

Domus Dei Reserva 2007: Vinho espanhol na taça

Em homenagem ao selecionado espanhol que decepcionou na Copa do Mundo 2014 no Brasil, resolvi tomar um vinho espanhol. E como em minha adega não tinha muitas opções, o vinho que veio parar em minha mesa foi o Domus Dei Reserva 2007

Domus Dei Reserva 2007

Pelo que entendi, a Bodega Domus Dei faz parte de um conglomerado de vinícolas espanholas, o Familia Belasco, que está no mundo do vinho desde 1881, vinícolas estas que estão espalhadas por diversas regiões da Espanha tais como Navarra, Toro, Rioja, Rueda e mais recentemente até na Argentina. Tais vinícolas se destacam em suas regiões por investirem em tecnologia e produzirem vinhos muito bons para o mercado nacional e internacional. Já sobre o vinho, o mesmo é feito com 100% de uvas Tempranillo da DO Rioja, sendo que passa por amadeurecimento de 18 meses em carvalho francês e mais 18 meses de descanso na garrafa antes de ser liberado ao mercado (segundo legislação e critérios da própria bodega). Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma bonita cor rubi violácea com reflexos granada. Lágrimas finas, rápidas e sem cor escorriam pelas paredes da taça.

No nariz o vinho mostrou aromas de frutos vermelhos e escuros bem maduros, especiarias, toques de baunilha e coco. Ao fundo da taça algo de tostado também.

Na boca o vinho se mostrou encorpado, com taninos redondos e macios e uma boa acidez. Retrogosto confirma o olfato. Final de longa duração.

Um belo vinho espanhol que, ao contrário do selecionado de futebol de seu país, não decepciona e entregou muita qualidade. Eu recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário