quarta-feira, 11 de junho de 2014

Espumante Montchenot Extra Brut 2012: Borbulhas vindas da Argentina

A Bodegas Y Viñedos Lopez representa um caso excepcional na indústria do vinho na Argentina pois começou em 1898 e continua até hoje nas mãos da família fundadora, sendo mais de 116 anos de tradição. Seu fundador, José López Rivas, chegou em 1886 vindo da aldeia de Algarrobo em Málaga, na Espanha, onde se dedicou juntamente com sua família as videiras e oliveiras. Ele decidiu instalar seus vinhedos no país (Argentina) e escapar de uma praga devastadora, a filoxera, que afetou as vinhas por toda a Europa. Em 1898, ele estabeleceu-se definitivamente em Mendoza, e o peso da tradição vinícola da família Lopez não tardou a surgir. No mês de março deste mesmo ano começou a fazer os seus próprios vinhos nas melhores áreas da província, produzidos até os dias atuais com vinhas próprias e um princípio que permanece desde então: controlar todas as etapas da produção dos vinhos, cuidando e supervisionando cada detalhe.

Espumante Montchenot Extra Brut 2012

Falando um pouco sobre o vinho espumante alvo do post, o Espumante Montchenot Extra Brut 2012, podemos dizer que o mesmo é feito a partir das uvas Chardonnay, Semillon e Pinot Noir de vinhedos localizados em  Stone Cross (Alto Vale do Rio Mendoza), departamento de Maipú e Campo Vidal em Tupungato, ambos na província de Mendoza. O processo de segunda fermentação acontece em tanques de aço inox. Vamos as impressões?

Na taça o vinho espumante apresentou uma coloração amarelo palha com alguns reflexos dourados. Borbulhas bem pequeninas, abundantes e persistentes, formando uma bonita coroa. 

No nariz o vinho espumante mostrou aromas de frutos tropicais como abacaxi e pêssego e toques florais e de mel.

Na boca o vinho espumante apresentou boa cremosidade, certa untuosidade e uma gostosa e refrescante acidez. Forma bom colchão de espuma. Retrogosto confirma o olfato com muita fruta. Final de média para longa duração. 

Um bom vinho espumante para o dia a dia, bem feito e sem defeitos. Acompanha uma boa conversa ou mesmo uma refeição rápida e despretensiosa. Convida ao próximo gole. Realmente não é só de Malbec que vivem os nossos hermanos. Eu recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário