quinta-feira, 22 de outubro de 2015

T-Rex Cafe: Aventura gastronômica pré-histórica para a família toda!

Eu sempre que possível, enquanto estou viajando, gosto de comer em lugares diferentes e que possam oferecer mais do que somente uma refeição, mas uma experiência. E, estando na Disney e/ou em Orlando nos Estados Unidos, as opções crescem exponencialmente. Em uma dessas oportunidades, recebi a indicação de um restaurante no mínimo curioso: para um jantar temático em meio a criaturas pré-históricas e chuvas de meteoros periódicas, visite o T-Rex Cafe, localizado no complexo chamado Disney Springs.


O lugar é encantador, fazendo com que você se sinta dentro do cenário do filme Jurassic Park. A decoração do restaurante é um show a parte, com vários dinossauros que se movimentam mecanicamente e, de 15 em 15 minutos aproximadamente, o restaurante inteiro tem a iluminação reduzida e sons de dinossauros e uma chuva de meteoros são reproduzidos. O lugar é dividido em diferentes ambientes, cada um com um tema diferente. E não é só isso, existem ainda opções de loja de souvenires, oficina para "montar" seu próprio dinossauro e área exclusiva para crianças explorarem e desenterrarem dinossauros.


Mas o que esperar do tema principal, que é a refeição? Por lá servem comida para todos os gostos, com massas, carnes, peixes além de lanches e outros. Ah, existe sempre a opção do menu kids. Os pratos são fartos e invariavelmente podem ser divididos por dois adultos (salvo exceções). Agrada em cheio pelas opções. E como o tema aqui do blog é vinhos, escolhemos um para acompanhar a refeição. O vinho foi o Conquista Malbec 2014. Vamos ver o que descobrimos sobre ele?


Na verdade pouca coisa consegui averiguar sobre o vinho, mas ao que tudo indica é feito pela vinícola de mesmo nome, Conquista, ao sopé da Cordilheira dos Andes na região de San Rafael de Mendoza. É um vinho que apesar de ser rotulado como varietal (de acordo com a legislaçõ local), tem em sua composição 88% Malbec, 6% Bonarda, 3% Shiraz e 3% Merlot. Não encontrei dados sobre passagem por madeira, mas ao degusta-lo, nos passa a impressão de que realmente passa. Vamos as impressões?


Na taça o vinho apresentou uma bonita coloração violácea de grande intensidade, brilhante e de boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas, em grande quantidade e bem coloridas também se faziam notar.

No nariz o vinho mostrou aromas de frutos vermelhos e escuros, toques de pimentas, baunilha e algo de café.

Na boca o vinho era encorpado com boa acidez e taninos redondos. Uma ponta de álcool aparece sobrando no início, mas que arrefece depois de um tempo em taça e de garrafa aberta. O retrogosto confirma o olfato e o final era de média duração.

Um vinho para o dia a dia e que serviu para o propósito, que foi escoltar uma boa costelinha de porco ao molho barbecue e frango assado com fritas. Eu recomendo a prova. E é claro, se estiverem em Orlando, não deixem de ter a experiência no T-Rex Cafe, acredito que não se arrependerão.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário