quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

12º Annual Wines of Chile Awards: 15 feras em suas categorias

A noite de ontem foi de gala para o vinho chileno. Em uma cerimônia pra lá de especial foram divulgados quais foram os melhores vinhos chilenos do ano em uma edição histórica: a primeira vez que o prêmio acontece fora do Chile e em seu principal mercado comprador, o Brasil. O júri, que esteve reunido provando e degustando centenas de amostras, era composto por Carlos Cabral, Mário Telles, José Luiz Pagliari, Diego Arrebola, Manoel Beato, Gabriela Monteleone, Daniela Bravin, Tiago Locatelli, Gabriela Bigarelli, Jorge Lucki, Marcelo Copello e Didú Russo. O cargo de mestre de cerimônias e apresentador do evento ficou com a jornalista Ana Paula Padrão. Tivemos ainda representantes de algumas vínicolas como Pablo Morandé, Marcelo Retamal e Mario Geisse.


Foram inscritos mais de 600 vinhos de quase 100 vinícolas chilenas. O premio principal da noite, sob a alcunha de "Best in Show" foi para a Viña Casas del Bosque e seu Syrah de clima frio, o Syrah Gran Reserva 2012. Esta honraria máxima destaca o melhor vinho do concurso. Os demais prêmios foram como descrito abaixo:

Premium Red: Armida 2009 da Viña De Martino;

Premium White: Amélia 2013 da Viña Concha Y Toro;

Other Reds: Tama Vineyard Slection Carignan 2003 da Viña Anakena;

Other Whites: Single Vineyard Neblina Riesling da Viña Leyda;

Blends: 5 Cepas 2013 da Casa Silva;

Rosé: Gallardia de Itata Cinsault 2014 da Viña De Martino;

Sparkling Wine: Brut Nature da Viña Morandé;

Late Harvest: Erasmo Late Harvest Torontel 2009 da Erasmo;

Cabernet Sauvignon: Gran Terroir de Los Lingues Cabernet Sauvignon 2012 da Casa Silva;

Carmenére: Carmenére Reserva 2013 Pedriscal Vineyard da Falernia;

Pinot Noir: Pinot Noir Reserva 2013 da Falernia;

Syrah: Syrah Gran Reserva 2012 da Viña Casas del Bosque;

Chardonnay: Tarapacá Gran Reserva Chardonnay da Viña Tarapacá;

Sauvignon Blanc: Specialties Sauvignon Blanc Ocean Side 2014 da Viña Santa Carolina.


Os vinhos escolhidos pelo júri conforme mostrado acima refletem ainda a representatividade deles no mercado em seu respectivo segmento, mostrando que a diversidade também pode ser o mote do Chile no tocante a variedade de vinhos obtidos em seus mais diversos terroirs.


Além da cerimônia, os convidados puderam também se deleitar com um jantar muito bem organizado que contou com uma entrada a base de queijo de cabra, maçã assada e creme de maracujá; prato principal com risoto de pupunha e trilogia de carnes (cordeiro, linguiça e frango) além de uma deliciosa sobremesa a base de chocolate.

Uma bela noite e mais um belo evento que só vem a reforçar a tese de que o Chile investe pesado quando se trata da divulgação de seus vinhos para seus principais mercados. 

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário