sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Nobili D’Italia Tiziano Montepulciano D’Abruzzo DOC 2013

A Itália tem se tornado um xodó lá em casa, principalmente por lembrar bastante do meu casamento mas também por que ultimamente tenho tido diversas experiências muito interessantes com vinhos de diversas regiões e até muitas vezes despretensiosos. E é exatamente o caso deste vinho que iremos comentar hoje, o Nobili D’Italia Tiziano Montepulciano D’Abruzzo DOC 2013. Embora não tivesse grandes expectativas sobre ele, me surpreendeu deveras positivamente. 


O vinho é produzido pela Nobili D'Italia, um braço da famosa produtora de vinhos toscanos Nobili di Toscana. Embora tenha esse nome, lembrando a célebre região da Toscana, o grupo expandiu seus negócios e hoje em dia está presente em diversas regiões vitivinícolas da Itália. E a história do grupo é antiga, datando de meados do século XIX, quando o então advogado e proprietário das terras onde nasceu a Nobili Di Toscana resolveu que era hora de rever seus conceitos e apostar em outro tipo de negócio: o estudo das uvas e produção de pequenas quantidades de vinho. Atualmente a família já colocou a frente dos negócios a quinta geração e Fillipo Molendi, um jovem especialista em vinhos, é quem dá as cartas e tem a missão de levar adiante o negócio da família. 

Falando um pouco mais sobre o Nobili D’Italia Tiziano Montepulciano D’Abruzzo DOC 2013, podemos finalmente acrescentar que é um varietal feito 100% a partir da uva Montepulciano da região de Abruzzo, uma região quase central na Itália. Não encontrei informações sobre passagem por madeira, deduzo que não o fez. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma coloração rubi violácea de média intensidade com tendência ao granada nas bordas, bom brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas e incolores se faziam notar.

No nariz o vinho mostrou aromas de frutos vermelhos, especiarias e leve toque terrosos.

Na boca o vinho apresentou corpo médio, boa acidez e taninos macios. O retrogosto confirma o olfato e o final era longo e persistente.

Um bom vinho italiano, excelente para o dia a dia e para acompanhar uma bela massa ao molho ao sugo. Que foi o que fizemos por aqui, com espaguete integral ao molho ao sugo. Combinação perfeita. Eu recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário