segunda-feira, 29 de junho de 2009

A primeira vez, 51 anos atrás

Vinte e nove de junho de 1958. Cinquenta e um anos atrás. Após duas tentativas frustradas, uma em casa inclusive. A exatos cinquenta e um anos atrás, a seleção brasileira de futebol se sagrava campeã mundial pela primeira vez, dando o pontapé inicial para uma história repleta de glórias, decepções e títulos. Após este, mais quatro somam-se a este primeiro.

A competição era disputada na Suécia e por ironia do destino, ou não, a final seria contra a seleção dona da casa. Claro que eu nesta época nem pensava em existir, porém minha vontade de conhecer a cerca da história do futebol me levou a buscar saber um pouco mais sobre este dia especial para nós brasileiros.

Nesta época ainda se podia dizer que futebol era espetáculo e que o futebol era bonito de se ver. A seleção desta época tinha grandes nomes, como Vavá, Pelé, Garrincha e outros mais. Dribles desconcertantes, gols mirabolantes e muito, mas muito nacionalismo e amor a pátria eram apenas alguns dos elementos que permeavam aquele futebol brasileiro.

O Brasil fez uma primeira fase como de se esperar, ganhou duas partidas (Áustria e URSS) e um empate sem gols cm a Inglaterra. Já nas quartas de finais, uma vitória simples contra País de Gales. Nas semifinais, chocolate pra cima da França por 5 x 2. E veio então a grande final. Com uma excelente atuação da seleção brasileira, Vavá (2 x), Pelé (2x) e Zagallo garantiram a vitória de 5 x 2 sobre os anfitriões e o primeiro título para a nossa seleção.

A partir deste título, o Brasil começou de vez a ser respeitado no cenário mundial do futebol e, a despeito de nenhum outro país, participou de todas as copas do mundo até então. Que esta singela homenagem sirva de exemplo para que exaltemos o passado, a história e mais do que isso, sirva de inspiração para jovens que almejam um dia vestir a amarelinha e representar o país mundo a fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário