segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Sabor Real Tempranillo 2008

Mais um espanhol da região de Toro, este feito com a uva emblemática da Espanha, a Tempranillo. Fundada no ano 2005, a Bodegas Campiñas é o sonho de 20 agricultores da região de Toro que procuravam caracterizar nos seus vinhos os diferentes microclimas da denominação espanhola. As principais caraterísticas são a complexidade, intensidade e frutosidade da Tinta de Toro (nome que a uva Tempranillo recebe por lá), adquiridas através de um cuidado único tanto no campo quanto na bodega.

Este é um vinho advindo de vinhas consideradas jovens, com " apenas" 70 anos de vida. Pode parecer exagero, mas na Europa em geral quando falamos de vinhas velhas, normalmente falamos de vinhas centenárias, o que é fascinante.  Passa 14 meses em barricas de carvalho francês para afinamento. A maior curiosidade do vinho é que o mesmo recebeu 90 pontos do Robert Parker, e pelo preço, pode ser caracterizado como um best buy. Sem mais delongas, vamos as impressões.

Na taça o vinho apresentou uma bonita coloração quase negra, com bordas roxas, quase impenetrável. Lágrimas finas, rápidas e muito coloridas ainda tingiam as paredes da taça. É possível se afirmar que tudo isto denota a juventude do vinho.

No nariz o vinho se mostrou potente, com aromas de frutas maduras, quase em compota, um fundo com pimenta e alguma coisa de tostado, vindo do envelhecimento no carvalho. Ao fundo da taça notava-se ainda um que de café torrado.

Na boca o vinho apresentou corpo médio para cheio, boa acidez, taninos finos, presentes e bem marcantes. Confirma frutas e pimenta na boca e tem um final de longa duração com uma lembrança mineral. Apesar da potência o vinho se mostra equilibrado, sem arestas.

Realmente, apesar de eu não ser fã de pontuações para os vinhos, concordo com o Robert Parker que o vinho  é realmente muito bom e um excelente custo benefício, até mesmo em terras brasilis. Recomendado!

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário