segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Valdivieso Grand Brut: Desta vez as borbulhas vieram do Chile!

Em mais um dia de jantinha especial aqui em casa, embora um dia ordinário, além de termos visitas e passarmos por momentos agradáveis, aproveitamos a oportunidade para abrimos um espumante que veio diretamente da fonte, neste caso, o Chile. Estou falando é claro do Valdivieso Grand Brut.
 
 
O vinho espumante é produzido pela Viña Valdivieso, um dos grandes produtores vitivinícolas do nosso vizinho Chile, e está neste mercado a mais de 100 anos tendo começado como uma das pioneiras na produção de vinhos espumantes. De lá pra cá, muitas linhas de vinhos se desenvolveram fazendo com que a Valdivieso se torna-se uma das maiores de seu país e produzisse ícones como o Caballo Loco e Éclat, por exemplo. Possui vinhedos em diversas áreas espalhadas pelos melhores terrenos no Chile e faz desta diversidade, seu maior trunfo.

Já sobre o vinho espumante em si, podemos dizer que é um corte de 60% de Chardonnay, 20% de Pinot Noir e 20% de Semillon. Estas uvas são provenientes do Vale do Curicó, no Chile. É feito pelo método tradicional onde o líquido, depois de engarrafado, fica por 12 meses em contato com as leveduras. Vamos as impressões?

Na taça o vinho espumante apresentou uma bonita coloração amarelo palha com reflexos esverdeados, bom brilho e ótima transparência. Borbulhas finas, em boa quantidade formavam também um boa coroa na parte superior da taça.

No nariz o vinho espumante apresentou aromas de panificação, amêndoas e frutas tropicais. Ligeiro floral também se pode notar.

Na boca o vinho espumante se mostrou fresco e com um corpo leve, tendendo para o médio. O retrogosto confirma o olfato e as borbulhas continuam e formam um bom colchão na boca. O Final é agradável e de média duração.

Mais um bom vinho espumante degustado por aqui, este vindo do Chile e que agrada pela maciez e frescor que apresentou. Vale a pena conhecer. Eu recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário