terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Fausto de Pizzato Merlot 2012: Elegância e leveza na taça!

Eu gosto de vez ou outra fugir das harmonizações clássicas, ou tradicionais, e arrisco algumas loucuras que podem, ou não, fazer a noite mais alegre. E hoje vou falar de uma tentativa que eu fiz e que muitos provavelmente irão torcer o nariz para: vinho tinto e peixe. O vinho? O Fausto de Pizzato Merlot 2012. Vamos ver o que aconteceu?


A tradição da família Pizzato na elaboração de vinhos vem desde sua Itália natal, mesmo que em pequenas quantidades. Desembarcando no Brasil ainda no século XIX, a paixão pela vitivinicultura falou mais alto e começou-se então o processo de plantio e cultura de vinhos em solo brasileiro. Entretanto somente em 1998 o sonho da produção de vinhos para comercialização começou a sair do papel. Naquele ano a Vinícola Pizzato é constituída juridicamente e materialmente a partir de investimentos familiares. Estabelecido o negócio e, a partir da produção de uvas de parreirais próprios, inicia-se a vinificação no ano de 1999 com a elaboração do Pizzato Merlot em quantidade final de 15.500 garrafas de 750 ml. Nos anos subseqüentes, a excelência na elaboração de Merlots foi mantida, além de incorporar outras castas na elaboração: Cabernet Sauvignon, Tannat, Egiodola, entre outras.

O Fausto de Pizzato Merlot 2012 é feito com uvas Merlot colhidas em Dois Lajeados, na Serra Gaúcha. Passagem moderada por barris de carvalho francês (3º uso ou mais) por 8 meses. Como curiosidade, este vinho foi selecionado para integrar a carta de vinhos da Classe Executiva da empresa aérea Lufthansa no ano de 2014. O que será que o vinho nos mostrou?

Na taça o vinho mostrou uma coloração violácea de grande intensidade com bom brilho e sem transparência. Lágrimas finas, espassadas e coloridas também se faziam notar.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos vermelhos, flores e toques animais.

Na boca o vinho apresentou corpo médio, boa acidez, taninos finos e macios. Retrogosto confirma o olfato e o final é de média duração.

E qual foi o acompanhamento que eu comentei ali em cima? Fizemos um papelote de salmão com alho poró e alcaparras além de brócolis cozido. E olha, vou falar pra vocês: eu gostei! Recomendo a prova.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário