quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Fiuza Ikon & Home made Burgers: show de harmonização!

Em mais uma noite enogastronômica inspirada lá em casa, resolvemos brincar de fazer hambúrgueres caseiros recheados de queijo cheddar, que seria colocados em pão com aveia e cobertos com crispies de alho poró. Como sempre, surgiu a missão de harmonizar estas iguarias com algum vinho que tivesse em casa. Depois de chafurdar um pouco minha adega, eis que surgiu o Fiuza Ikon 2008. Vamos ver o que aconteceu?


Este vinho, o Fiuza Ikon 2008, é produzido pela Fiuza & Bright, que possui terras localizadas dentro da região do Ribatejo, com uma área de produção de 120 hectares de vinha, distribuídos pelas zonas de Almeirim, Alcanhões, Romeira e Azambuja. Segundo o produtor os terrenos argilosos, argilo-calcários e arenosos aliados a microclimas específicos, reúnem ótimas condições para a obtenção de uma excepcional qualidade de uvas. O recurso a castas estrangeiras, nomeadamente francesas, implantadas numa das quintas, em conjunto com castas autóctones portuguesas de reconhecido valor, permitem a conjugação e obtenção de vinhos varietais e cortes impressionantes e pouco usuais.

Sobre o Fiuza Ikon, apenas resta dizer que é um varietal 100% Touriga Nacional, top da vinícola. O vinho tem seleção manual das uvas e fermentação em pequenos tanques abertos com remontagem manual. Depois é diretamente direcionado e estagia cerca de 8 meses em barricas novas de carvalho francês. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma bonita cor violácea profunda, com algum brilho e quase sem transparência. Lágrimas finas, moderadamente lentas e com alguma cor também se faziam notar.

No nariz o vinho mostrou aromas de frutos vermelhos, especiarias, floral, chocolate e leve toque mineral.

Na boca o vinho se mostrou encorpado com boa acidez, taninos finos e macios. Retrogosto confirma o olfato e o final é de longa duração.

O que mais posso dizer? Um baita vinho sem duvida nenhuma e acompanhou divinamente a refeição. Minha esposa que costuma ser mais comedida, bebeu o vinho como água. Vale a prova!

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário