terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Intipalka Valle do Sol Chardonnay 2013 : A sorte do ano está lançada!

Eu estava procurando em meus alfarrábios se eu tinha algum vinho que havia degustado e não tinha postado quando me deparei com este, do post de hoje, que serviu para abrir os trabalhos no dia do jantar de réveillon. Estou falando do Intipalka Valle do Sol Chardonnay 2013. Vamos ver um pouco mais sobre ele?


Um dos maiores produtores de Pisco (bebida destilada a base de uvas) do mundo, o Peru também começa agora a figurar entre os países produtores de vinho, ainda que em uma menor escala. E um produtor que tem apostado e alto neste mercado, e claro, coincidentemente é o produtor do vinho de hoje, Santiago Queirolo, nas cercanias de Lima, no Peru. Sua fundação se deu em 1880, com a fabricação de Pisco e de vinhos coloniais (ou de garrafão) feitos a base de uvas de mesa. Entre mudanças da localização dos vinhedos à modernização da bodega, a terceira geração da família assume o controle da vinícola e o grande salto qualitativo acontece. E esta modernização inclui a aquisição e plantio de vinhas na região do do Vale do Ica, região mais ao sul de Lima, da onde vem as uvas Chardonnay que compõe o vinho de hoje. Não Passa por barricas. Vamos as impressões?
Na taça o vinho apresentou uma bonita cor amarelo palha com reflexos esverdeados, muito límpida e brilhante.

No nariz o vinho apresentou aromas de abacaxi, pêssegos e leve toque de mel.

Na boca o vinho se mostrou de médio corpo e com uma ótima acidez. Retrogosto confirmou o olfato e tinha um final de média duração.

O detalhe da foto é a companhia do vinho: Kaeru, o sapo da sorte japonês. Na língua japonesa, além de sapo, Kaeru significa também retorno. Entre o povo japonês, tal animal é muito respeitado. Diz a tradição japonesa que carregar um sapinho em madeira, porcelana ou qualquer outro material dentro da bolsa ou da carteira, faz todo o dinheiro gasto deve retornar. E foi assim que eu fiz um pedido de ano novo.

Um bom vinho branco para o dia a dia, bem feito e sem defeitos. Acompanha uma boa conversa ou mesmo uma refeição rápida e despretensiosa. Convida ao próximo gole. Recebi mais esse bom vinho do Winelands Clube do Vinho, o Clube que eu assino e recomendo.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário