quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Santa Alvara Carmenère 2013 & Pizza: programa típico paulista!

Tem programa mais comum para paulista do que comer pizza, principalmente entre a sexta feira e o domingo? Eu acho que não. Soma-se a isso o fato de que o consumo de vinho tem crescido por aqui na terra brasilis e que, convenhamos, pizza e vinho combinam muito. Portanto, hoje falaremos desta combinação da qual participou o Santa Alvara Carmenère 2013.


O vinho é feito com supervisão da famosa casa chilena Casa Lapostolle, conhecida pelo projeto Clos Apalta e seus cultuados Carmenères. Do site do importador (Mistral): "A vinícola foi fundada pela francesa Alexandra Marnier-Lapostolle e elabora tintos e brancos de grande classe e muita elegância, cuja inspiração são os melhores vinhos europeus. De imenso prestígio, em poucos anos conseguiu uma verdadeira aclamação da imprensa especializada, estabelecendo-se como um dos mais reputados nomes do Chile. O enólogo da vinícola é o famoso Michel Rolland, talvez o mais célebre e influente enólogo da atualidade. Com seus vinhos de estirpe e sua grande consistência qualitativa, a Casa Lapostolle é, sem dúvida, um dos grandes nomes do vinho no Novo Mundo".

O Santa Alvara Carmenère 2013 é feito com uvas Carmenère colhidas da região do Vale do Rapel, no Chile. Tem estágio em barricas francesas sem maiores informações de tempo e qualidade (quantidade de uso) das mesmas. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou um bonita cor violácea de grande intensidade, bom brilho e sem transparência. Lágrimas finas, coloridas e em abundância também compunham o aspecto visual.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutas vermelhas, especiarias e leve toque herbáceo.

Na boca o vinho mostrou corpo médio, boa acidez com taninos finos e macios. Retrogosto confirma o olfato e o final era de média duração.

Um bom vinho de entrada e para o dia a dia que acompanhou de maneira digna a pizza romana e de mussarela de bufala com shimeji. Eu recomendo a prova e mais, acho que pode ser um vinho que faça a transição para este mundo maravilhoso do vinho de pessoas que ainda não estou com o paladar apurado.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário