sexta-feira, 15 de abril de 2016

1865 Limited Edition Syrah 2010

O 1865 Limited Edition Syrah 2010 é produzido pela Viña San Pedro, fundada em 1865, e é hoje uma das maiores e mais antigas do Chile exportadores de vinho e uma das vinícolas mais importantes do país. O vinhedo principal, adega subterrânea e a centenária adega da San Pedro estão localizados em Molina, no Vale do Curicó, a 200 km. ao sul de Santiago. Lá, a Viña San Pedro tem uma das mais extensas áreas plantadas com vinhas na América Latina, com 1.200 hectares. Enquanto isso, a San Pedro tem mais de 1.500 hectares plantados no Vale Central e outros grandes vales vinícolas do Chile, como o Elqui, Casablanca, San Antonio-Leyda, Maipo, Cachapoal, Maule e Bío Bío, sempre à procura de novas e melhores fontes para os seus vinhos. A Viña San Pedro faz parte do grupo chamado VSPT Wine Group, o terceiro maior grupo de vinhos no Chile e o segundo maior exportador de vinho chileno.


Já sobre o 1865 Limited Edition Syrah 2010, podemos ainda acrescentar que é um vinho feito com 100% de uvas Syrah oriundas das melhores vinhas da Viña San Pedro atualmente, no Vale do Elqui. Tais vinhas foram plantadas em meados dos anos 90 e estão localizadas a mais de 700 metros acima do nível do mar. Finaliza com passagem de 14 meses em barricas francesas, cerca de 60% novas e as restantes de segundo uso. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma coloração violácea de grande intensidade, quase sem brilho e com boa limpidez. Parecia quase tinta de caneta. Lágrimas finas, de média velocidade e coloridas também tingiam as paredes da taça.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos negros maduros, alcaçuz, tabaco, especiarias, chocolate e leve toque floral.

Na boca o vinho se mostrou encorpado, com boa acidez e taninos maduros e quase mastigáveis. O retrogosto confirma o olfato e o final era longo e muito saboroso.

Sem dúvida um baita vinho chileno, que quando percebi já tínhamos zerado a garrafa e ficamos com aquela sensação de que beberíamos mais, caso estivesse disponível. Eu recomendo a prova.

Até o próximo!

2 comentários: