domingo, 29 de março de 2009

Madrugada de velhas emoções

Nesta madrugada tivemos o início da temporada de 2009 de fórmula 1, e para minha surpresa e alegria, afinal eu levantei as 3 horas pra assistir a corrida, com muito mais emoção e disputa do que as temporadas passadas: sinal de que as mudanças impostas pela FIA surtiram efeito.

Como já vinha se desenhando desde os primeiros testes do ano da fórmula 1, a equipe estreante Brawn GP se manteve a frente das demais, mesmo envolta nas polêmicas criadas como por exemplo o peso do carro e o uso dos difusores de ar diferentes das demais escuderias, e fez a dobradinha no GP da Austrália.

Outro fator positivo foi ver que o Rubinho, apesar de não ter feito uma corrida tão boa quanto os treinos que vinha mostrando, conseguiu algo que nunca teve em sua carreira: sorte! Afinal de contas não é sempre que na última volta praticamente os dois carros que estão a sua frente se envolvem em um acidente no mímino idiota. Além do que sua largada foi bem ruim e logo após a primeira curva teve seu carro tocado e a asa da frente danificada.

A corrida em si teve todos os ingredientes que fazem, ou melhor faziam, da categoria um grande atrativo: ultrapassagens ousadas, disputas lado a lado em curvas, trocas de posições entre mais de duas escuderias, enfim, tudo que faltava nos últimos anos. Nem Felipe Massa nem Hamilton, quem dominou mesmo foi Jenson Button mas também tivemos Rubinho, Sebastian Vettel, Trulli, enfim novos nomes, antigas emoções.

Agora peço a quem acompanhou a corrida que deixe suas opniões na caixinha de comentários aqui do balaio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário