quarta-feira, 8 de julho de 2009

Nasce mais um fenômeno

Neste domingo tivemos um dia histórico para o tênis: Roger Federer ganhou o torneio de Wimbledon e quebrou o recorde de títulos em Grand Slams, seu décimo quinto título contra os 14 de Pete Sampras. E de lambuja ainda retomou o primeiro lugar do ranking mundial do tênis do então machucado Rafael Nadal. E isto com apenas 27 anos de idade. Indiscutívelmente um fenômeno.

Numa final equilibradíssima contra o americano Andy Roddick, que mostrou uma garra e um jogo extremamente efetivo durante a partida, o suíço fez 3 x 2 em mais de quatro horas de jogo de tênis, vencido por 16/14 no quinto e decisivo set. Federer se mostra recuperado de uma temporada um tanto quanto frustrante em 2008 onde, desde 2003, deixou de ganhar o torneio londrino.

O tenista entra assim também para a história do esporte, e dificilmente será alcançado por algum tenista de sua geração. O único quesito que mantém Federer atrás de Pete Sampras é o número de semanas em primeiro lugar no ranking mundial. Com a retomada do primeiro lugar, não podemos duvidar de sua capacidade para manutenção de tal posição no ranking e quem sabe, bater mais um recorde.

Parabéns Roger Federer, você merece!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário