terça-feira, 14 de julho de 2009

Vinho Góes Tempos


Hoje vou tentar falar sobre um assunto que me desperta muito interesse e do qual tenho lido e tentando estudar muito sobre: como degustar vinhos, e o mais importante, como conseguir passar com clareza minhas sensações a cerca de vinhos que eu por ventura venha a degustar. Para o início desta agradável brincadeira, resolvi escolher o vinho Góes Tempos por dois motivos principais: por ser um vinho simples e de fácil degustação e pela motivação sentimental do mesmo ser feito na cidade onde minha namorada morava e a qual tenho grande carinho por estar sempre viajando para lá e visitando a vinicola.

Sei que muitos já experimentados e rodados no mundo do vinho irão torcer o nariz para o vinho escolhido, dizendo que o mesmo não deveria nem ser comprado, que é fraco, pobre e muito blá blá blá, mas dei minhas razões acima e pronto, isso que importa pra mim.

Vamos então às impressões sobre o vinho: o vinho é feito com um blend de safras de uvas Cabernet Sauvignon plantadas aqui mesmo no estado de São Paulo e tem como característica ser um vinho simples, para ser bebido no dia a dia a um preço justo (na média tem preço em torno dos R$ 12,00). De coloração violácea puxando para um vermelho rubi bem brilhante, límpido e sem corpo em suspensão/depositado ao fundo da garrafa o vinho possui um corpo bem leve porém com taninos bem aparentes, nada deselegantes entretanto e até macios eu diria. De baixa graduação alcoólica (em torno dos 11,5%) o álcool me pareceu bem harmônico com o propósito do vinho e não ressalta na boca. De primeira, ao aproximar o nariz da taça é possível sentir aromas de frutas vermelhas e algo adocicado que não consegui decifrar o que é. Pode ser que a vinícola tenha se utilizado do expediente de introduzir chips de madeira na produção do vinho para que o mesmo incorpore um pouco de essência de baunilha/chocolate no produto final. Ao final, deixa um sabor adocicado agradável na boca que persiste por um bom período.

Vinho honesto e que pode ser degustado por conta, ou acompanhando pratos como alguns tipos de massas e carnes vermelhas, além de queijos médios e, apesar da heresia, caiu muito bem com um belo prato de feijoada. Recomendo para os não iniciados no mundo do vinho e queiram começar a conhecer e distinguir os vinhos entre si. O site da vinícola é www.vinicolagoes.com.br, e possui informações detalhadas dos demais produtos da mesma além do endereço e notícias do mundo enogastronômico.

Saúde!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário