terça-feira, 3 de abril de 2012

Campillo Reserva 2004 - Uma surpresa espanhola

Continuando com os vinhos provados este final de semana, vamos agora para a Espanha e a região de Rioja, uma das mais famosas (senão a mais famosa) região vinícola de lá. Aliás, a Espanha tem criado um certo "hype" no mudo vinícola atualmente por ter aumentado significantemente sua qualidade dos vinhos, além de ter melhorado também sua presença em diversas partes do mundo e atingido preços mais elevados nos mercados mais expressivos. E este exemplar é ainda mais especial pois veio diretamente de lá, dentro da mala de viagem do irmão de uma amiga. 

A Bodegas Campillo, pelo que pude pesquisar, é uma empresa 100% familiar com boa reputação no exterior. Além de vinhedos em Rioja, possui também plantações em Ribeira Del Duero, Navarra e La Mancha, todas DOs espanholas de grande reputação vinícola. O vinho é feito com uvas Tempranillo e passa não menos que 20 meses em barricas americanas, além de passar por afinamento em garrafa antes de ganhar o mercado. Vamos as impressões sobre o vinho.


Na taça em contrapartida a sua idade avançada ainda possui uma cor violácea escura com algum halo de evolução. Lágrimas finas, sem cor e rápidas preenchiam as paredes da taça.

No nariz o vinho se mostrou muito frutado (um mix de frutas vermelhas e escuras bem maduras), com algum quê de especiarias e muito coco, com um final tostado. Tudo bem marcado e de fácil identificação.

Na boca é que o vinho realmente se mostrou. De bom corpo, acidez na medida e taninos macios, redondos mas se fazendo presentes, o vinho trazia de volta a fruta identificada no nariz com um quê especiado em um final longo e saboroso.

Não a toa, em minha humilde opinião, o vinho foi o melhor da noite. Não encontrei menções a ser importado por aqui, mas quem conhecer e puder provar, eu mais do que recomendo!

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário