quinta-feira, 20 de junho de 2013

Casando na Itália em meio aos vinhedos da Toscana

Sei que ando em falta com vocês, meus leitores, com relação a minhas experiências durante minha viagem à Itália, mas pretendo iniciar uma série aqui no blog com alguns relatos que gostaria de compartilhar com vocês. A primeira, como não poderia ser diferente, é com relação à cerimônia do meu casamento, que resolvemos fazer por lá durante a nossa viagem de lua de mel. Eis a história.


Desde quando começamos os preparativos para nosso casamento, minha esposa e eu chegamos ao consenso de que não iríamos nos preocupar com celebração religiosa nem festa, focando basicamente numa viagem bacana de lua de mel, embora respeitemos toda e qualquer religião e as pessoas que vem na festa um item básico relacionado ao casamento. Após alguma confabulação, decidimos que nosso destino seria a Itália, antigo sonho de consumo meu e dela, embora ela ainda não tinha tido a oportunidade de visitar qualquer parte da Europa. Era hora então de decidirmos o roteiro, e eu, levando em conta minha proximidade com os vinhos, tracei um roteiro focando basicamente focado em Roma e na Toscana, prontamente aceito por minha esposa.


Em paralelo a isso, minha esposa tinha uma colega de trabalho que estava também planejando um casamento, só que de maneira inusitada: ela iria se casar com seu então noivo na Austrália, em uma praia, aproveitando que o mesmo estaria na região fazendo um curso. Foi ai que surgiu a idéia de aproveitarmos nossa viagem e fazermos algo semelhante só que na Toscana. Imaginem vocês, nada mais gostoso do que estar viajando em lua de mel e aproveitar as lindas paisagens e os belos vinhos da Toscana para uma inesquecível cerimônia de casamento.


O próximo passo seria então pesquisar sobre agências e/ou empreendimentos que contassem com tais serviços para começarmos os planos. Depois de uma exaustiva pesquisa pela internet chegamos a um nome de consenso: Original Tuscan Wedding. Esta agência foi fundada por duas mulheres, uma americana e a outra inglesa, que vivem na região a mais de 20 anos e perceberam que este nicho de mercado era inexplorado e extremamente procurado por casais. Elas se definem como experts em logística e fazem todo o contato para locações, fornecedores de flores, alimentos, bebidas, músicos e tudo que envolve uma cerimônia de casamento. E como não poderia de ser, de todos os locais oferecidos, fechamos com uma vinícola que possui local para acomodação de visitantes, visitas guiadas, refeições, etc, o chamado agriturismo. Fechamos então a cerimônia, uma noite de hospedagem, uma visita guiada a vinícola e uma degustação de vinhos na mesma. A vinícola escolhida foi a Il Palagetto, na cidade de San Gimignano, a qual faz parte de um grupo vitivinícultor maior, a Tenute Niccolai. O grupo possui vinhedos e vinícolas em alguns lugares estratégicos na Itália e principalmente na Toscana, fazendo desde vinhos brancos que podem ser considerados mais simples até os potentes Brunellos de Montalcino. E partimos em nossa viagem.


Depois de alguns dias de viagem por Roma, Montalcino, Montepulciano e Siena, rumamos a San Gimignano. A estrada que leva ao lugar é mágica. Circundando colinas, subindo e descendo pequenas serrinhas, a paisagem não poderia ser mais bonita. Vinhedos se espalham de lado a lado e vez ou outra vemos no topo de uma montanha uma cidade, parecendo colocada com a mão. Chegando ao portão da vinícola, fomos direcionados ao nosso quarto, que era de sonho, onde pudemos descarregar nossas coisas. O clima que não parecia muito bom pela região nos dias anteriores dava uma trégua e um sol tímido entre algumas nuvens carregadas mostrava a cara. Um pouco depois do horário previsto (por conta de um mal entendido sobre qual entrada da propriedade deveria se apresentar) uma das donas da agência chegou ao local trazendo as flores e para repassarmos todo o script da cerimônia. Assim que concluímos esta etapa, começou a parte mais tensa, ao menos pra mim: minha esposa foi para o quarto juntamente com a dona da agência e a cabeleireira, que acabara de chegar, para se arrumar. Sobrou pra mim caminhar e tentar ficar calmo aguardando minha vez pra me arrumar e ir para a cerimônia.


Ao fim de muita espera chegara minha vez de me arrumar, mas em pouco tempo eu estava pronto e a hora da cerimônia se aproximava. Ao som de "I Do it for You" e "Love me Tender", lindamente executadas por uma violoncelista incrível, minha esposa, bela e sorridente, se aproximou e o Padre Paolo prosseguiu com a cerimônia. Sim, Padre Paolo, eu havia comentado que até um padre também estaria presente? Pois é, esta agência pensa em tudo, sugere toda a cerimônia com base no que você tem em mente, é incrível. Passada a cerimônia, brindamos com um belo Vernaccia di San Gimignano, vinho branco típico da região e produzido pela própria vinícola em questão. Era hora de finalizarmos a sessão de fotos (isso, também contrataram o fotógrafo) e nos movemos para a adega onde iríamos fazer a visita guiada e a degustação (ainda vestidos de noivo e noiva, sendo o centro das atenções). Degustação memorável diga-se de passagem, com direito a fechamento com Brunello de Montalcino 2005, pancadão, vivasso e deliciosamente lembrado até hoje. E ainda teria o jantar, com mais vinhos "da casa". 


Em suma, para não me estender mais do que já o fiz: a cerimônia foi perfeita, inesquecível, sem ter o que colocar nem o que tirar. A agência é seríssima no que se propõe a fazer e eu realmente recomendo que quem tem vontade, não deve perder a oportunidade de fazer algo semelhante. Sei que fica difícil colocar tudo em palavras aqui no blog devido a emoção e a minha falta de talento para a escrita. Entretanto me coloco a disposição para quem tiver dúvidas e quiser saber mais sobre o assunto. Eu recomendo.


Até a próxima!

2 comentários:

  1. Victor, que legal!
    Original.
    Boa sugestão para renovação dos votos matrimoniais tb (rs).
    E tem vinho? Casamento perfeito.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre,

      Pode ter certeza que vale também para renovar os votos!!!

      E com vinho, sempre uma boa pedida!

      Obrigado pela visita e pelas palavras!

      Abração

      Excluir