terça-feira, 6 de agosto de 2013

A Toscana que eu conheci através de vinhos e suas cidades míticas: Montepulciano

Como alguns aqui já devem saber, no último mês de abril estive em lua de mel na Itália, mais precisamente saindo de Roma e passando por algumas cidades da região da Toscana, famosa por suas paisagens rurais e medievais, gastronomia e vinhos. Desde então eu fiquei de postar aqui algumas dicas e impressões sobre esta viagem. Confesso que com o tempo, esta tarefa se tornou mais difícil do que eu pensava. Não que a viagem tenha sido ruim, muito pelo contrário, foi a viagem mais inesquecível que já fiz até hoje, o problema é que traduzi-la em palavras se tornou algo maior do que eu consegui fazer até agora. Tem me faltado palavras e idéias de como organizar minhas aventuras por aqui. Hoje será uma tentativa, um pouco diferente do que eu havia pensado, pra dividir com vocês um pouco do que vivi naqueles 10 dias maravilhosos. Espero que aprovem.

Visual deslumbrante da estrada

A Toscana fica localizada na região centro-sul da Itália e abrange uma vasta gama de comunas e cidades. Pode-se dizer que sua capital, no entanto, é a mítica cidade de Florença. Começamos nossa viagem com direção a Toscana bem cedo saindo de Roma, e sem dúvida nenhuma, adentrando a estrada já foi possível imaginar o que nos esperava. Paisagens incríveis, estradas cercadas de vinhedos e um clima deslumbrante. Tudo isso e era só o começo. 

Queijo Pecorino, iguaria da região,maturado em cinzas

Degustações em cada portinha

Desembarcamos em nosso primeiro destino, Motepulciano, e já ficamos deslumbrados. A cidade se encontra no topo de uma montanha e é uma das mais altas da Itália. Era necessário estacionar o carro fora da cidade histórica, uma vez que o trânsito de veículos no interior de seus muros é vetado. Caminhando por suas vielas de fachadas irregulares nos sentimos em um set de filmagem, aguardávamos ansiosamente os gritos de "gravando" e "corta". Em cada portinha, era possível encontrar degustações de queijos, embutidos, azeites e vinhos oriundos da região. Aliás, lá o vinho mais conhecido é o tinto "Nobile di Montepulciano", produzido a partir de uvas Sangiovese na região. Lugares para se comer não faltam, então optamos por um almocinho mais básico e tranquilo a base de brusquetas, mussarela de búfala e presunto de parma. O local escolhido foi o restaurante "..E Lucevan le Stelle" , restaurante parte do complexo do hotel "Locanda San Francesco". O local é agradável e tranquilo, com um deck que possui vista para as cadeias de montanhas e muito verde típico da região. Sofás confortáveis e aquela sensação de pique-nique que contagiam. Tudo deliciosamente harmonizado a taças de Nobile di Montepulciano, é claro. Reserva, de preferência. 

Almocinho básico em Montepulciano
Adentrávamos os primeiros minutos da tarde deste dia, e era hora de partirmos rumo a nosso próximo destino, onde iríamos inclusive passar a noite. E este destino era Montalcino. Mas isso fica pro próximo capítulo de nossa saga. Continuem nos acompanhando. 

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário