quinta-feira, 23 de julho de 2015

Goedverwacht Private Cellar Triangle 2011: África do Sul na taça!

Hoje, a Goedverwacht Wine Estate está situada no belo vale a partir do qual a pequena cidade Bonnievale leva seu nome, próximo a parte ocidental da cidade do Cabo, na África do Sul. O centro de degustação de vinhos foi projetado por Derek Van Zyl e a adega/casa da fazenda recém-construídas se assemelham a um celeiro centenário renovado com características holandesas da cidade do Cabo, como vigas expostas e acabamentos rústicos. Na década de 1960, Gabriel Hendrik du Toit, um engenheiro civil, seguiu o seu sonho de se tornar um viticultor através da compra de duas fazendas vizinhas, totalizando 70 ha, no belo Breede River Valley, entre Robertson e Bonnievale. Ele acrescentou uma terceira propriedade para começar uma fazenda de gado leiteiro e chamou-lhe Soek Die Geluk, uma vez que ele acreditava firmemente que ele iria encontrar a felicidade neste empreendimento. Entre 1989 e 2003, Jan du Toit, o atual proprietário, acrescentou mais três fazendas para as propriedades originais e, atualmente, as duas fazendas cobrir um total de 220 ha. Desse total, 180 ha estão sob irrigação.


Sobre o Goedverwacht Private Cellar Triangle 2011, podemos acrescentar que tem em sua composição um típico corte bordales com 57% de Cabernet Sauvignon, 35% de Cabernet Franc e 8% de Merlot. Passa por envelhecimento de 14 meses em barricas de carvalho francês. Vamos as impressões? 

Na taça o vinho apresentou uma bonita cor rubi violácea de média intensidade com algum brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, isoladas e sem cor também se faziam notar.

No nariz o vinho se mostrou de boa complexidade num mix de frutos vermelhos e escuros, especiarias, tabaco, chocolate e um fundo de tostado.

Na boca o vinho se mostrou de corpo médio, boa acidez com taninos redondos e macios. O retrogosto confirma o olfato e o final era de média duração.

Outra grata surpresa vinda da África do Sul, tão pouco explorada por nós enófilos brasileiros. As razões são muitas e já bati bastante nesta tecla e por isso nem vale repetir. de qualquer maneira, se estiver buscando boas experiências com vinhos sul africanos, eu recomendo que provem o Goedverwacht Private Cellar Triangle 2011.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário