segunda-feira, 11 de julho de 2011

Cumbres Andinas Reserve Côt 2005


Aproveitando o final de semana, buscando vinhos de bom custo benefício associados e brindando o dia da pizza (10 de julho) – nossa arrumei vários motivos simplesmente por que eu queria mesmo era beber um bom vinho – escolhi este exemplar chileno para a tarefa hercúlea.

Produzido pela Viña Butron Budinic, este vinho é feito por uvas 100% malbec (côt) vindas de vinhedos Tuniche, localizados em Rancagua no Vale do Cachapoal. Estes vinhedos estão localizados em solo aluvial extremamente férteis, o que em tese dificultaria um pouco a produção de uvas de alta qualidade. Em contra partida a esta situação, o clima é mediterrâneo e extremamente seco, o que faz com que se recorra constantemente a irrigação além de contar com uma grande amplitude térmica entre dia e noite gerando condições ideais para o trabalho neste tipo de solo. É envelhecido em barricas francesas e americanas por 14 meses.

Um parentese na descrição do vinho se faz necessária pelo nome curioso que se usa para a uva malbec neste vinho. O nome côt é de origem francês e é como a uva era originalmente chamada em seu berço, Cahors. De lá pra ca com o advento da filoxera e sua quase extinção, a mudança para o novo mundo trouxe também o nome Malbec, como ficou então conhecida mundialmente. Mas sem maiores parenteses, vamos ao vinho.

Na taça apresentou cor violácea bem escura, com bordas ligeiramente acastanhadas denotando alguma evolução nestes seis anos de vida. Lágrimas finas, rápidas e coloridas completam o conjunto.

No nariz o vinho se mostrou bem exuberante, com morango fresco em primeiro plano, seguido de muita pimenta do reino, alguma coisa de madeira e lembrança de baunilha ao fundo.

Na boca o vinho tinha corpo médio, taninos finos mas ainda presentes, boa acidez e confirmou a fruta e a pimenta do olfato. Final de média persistência com algo de chocolate.

Um excelente custo benefício trazido pela Vinea e que tinha valor em torno de R$30,00 quando comprado, o que valeu cada centavo. Recomendo para acompanhar uma pizza ou mesmo para se beber despretenciosamente numa conversa entre amigos!

Até o próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário