quarta-feira, 6 de julho de 2011

A importância de uma boa taça para vinhos

Todos os conhecedores de vinhos sabem da enorme diferença que existe em se beber o mesmo vinho em uma taça adequada ou em um copo qualquer. Taça adequada é aquela que tem uma haste, para evitar que se segure no corpo da taça, modificando sua temperatura e/ou passando aromas indesejáveis para o vinho. É também uma taça que tem paredes finas para proporcionar um contato mais agradável com os lábios; um formato de tulipa, com a boca fechando em cima para concentrar os aromas perto do nariz; e um bom volume para permitir o desenvolvimento dos aromas e do bouquet do vinho. A leveza ótima de uma ótima taça de crsital também dá uma melhor sensação ao segurá-la. Isso é o básico sobre taças, que todo amante de vinhos conhece, ou ao menos deveria conhecer.

Mas o que nem todo mundo conhece é que a ciência do desenvolvimentode taças para vinhos atingiu um outro patamar, graças ao trabalho realizado por um homem, Georg Riedel, que deu uma abordagem científica ao estudo da taça mais adequada a cada tipo de vinho. Os resultados não poderiam ser mais surpreendentes. Tendo atingido o nível máximo em todos esses requisitos, as taças Riedel fizeram tanto sucesso no mundo todo que pasaram a ser item obrigatório nas casas dos grandes amantes de vinhos e em todo restaurante que dá importância aos vinhos. É por isso também que, quando um cliente encontra as taças Riedel em um restaurante, imediatamente conclui que nesse estabelecimento o vinho recebe o melhor tratamento possível. 

Pode-se dizer que as taças Riedel são mais caras. Mas a melhor resposta a essa questão foi dada a tempos por uma amiga nossa, que disse que o melhor investimento em vinhos que havia feito na vida inteira tinha sido um jogo de excelentes taças. Quando perguntei o porquê, ela respondeu: "é que o vinho de 30 reais fica parecendo um de 60 reais, o de 100 parece um de 200 e assim por diante".

Na verdade a compra de boas taças é um ótimo investimento para o amante de vinhos. O mesmo é verdade para os restaurantes, porque uma boa taça melhora a apreciação do vinho, deixando o cliente mais contente com a refeição e, portanto, com o restaurante em si. Além disso, o amante de vinos hoje em dia sabe muito bem reconhecer e valorizar a qualidade dos copos usados nos restaurantes.

Texto original retirado do catálogo de inverno da Mistral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário