quinta-feira, 24 de abril de 2014

Buena Vista Zinfandel 2010: Delicioso!

Ao participar da degustação que elegeu o Top 5 para o Encontro de Vinhos (relembrem aqui) eu tive a possibilidade de provar e consequentemente levar para casa um vinho cuja varietal sou um fã declarado. E olha que, ao chegar em casa e prova-lo com ainda mais calma, me apaixonei ainda mais por este vinho. Estou falando do Buena Vista Zinfandel 2010.


Já escrevi algumas poucas linhas sobre a vinícola Buena Vista por aqui, mas nunca é demais relembrar: "A Vinícola Buena Vista teve sua fundação no ano de 1857, sim a muito tempo atrás, através de um visionário para a época chamado Agoston Haraszthy e foi a pioneira em Sonoma na plantação de vinhas de uvas Zinfandel assim como na produção de vinhos de alta qualidade. De lá pra cá muita história se passou e a vinícola se encontra agora num caminho de renovação, iniciado ainda no ano de 2012 pela família Boisset, atual proprietária da vinícola".

Falando no vinho Buena Vista Zinfandel 2010, este varietal é feito única e exclusivamente com uvas Zinfandel plantadas na apelação Sonoma County. Além disso, o vinho passa por 14 meses de barricas (francesas, americanas e húngaras), sendo que destas, 10% são de primeiro uso. Atinge 14,5% de graduação alcoólica. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresenta uma bonita cor violácea de grande intensidade, com bom brilho e quase sem transparência. Lágrimas finas, um pouco mais lentas que usualmente e com alguma cor, que ajudavam a tingir as paredes da taça.

No nariz o vinho mostrou aromas de frutas negras bem maduras, toques de pimentas e algo que me lembrava fumaça. Depois de algum tempo em taça, pudemos também sentir um pouco de tostado.

Na boca o vinho era encorpado, daqueles carnudos os quais nós quase podemos mastigar, sabem? Além disso estava associado a uma boa acidez e taninos macios e redondos. Retrogosto confirma o olfato. Final de média para longa duração.

Sem dúvidas está entre os melhores, se não o melhor, entre os Zinfandéis que já provei. E cada vez mais esta uva vai tomando seu lugar entre as minhas preferidas. Aqui sei que muitos irão torcer o nariz, mas eu gosto de vinhos feitos com esta casta.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário