quarta-feira, 30 de abril de 2014

Evidência 2007: Um vinho português "da gema"!

Continuando nossa andança pelos vinhos portugueses, viemos parar em uma das regiões, na minha opinião, mais incompreendidas e desprezadas de Portugal: o Dão. Diferentemente do Alentejo e do Douro, a região do Dão não é amplamente divulgada nem tão pouco explorada por aqui. E de lá costumam sair vinhos mais rústicos, porém de personalidade e elegância muitas vezes insuperáveis. Dizem ainda ser o berço da casta Touriga Nacional. Será? Só sei que é de lá que sai o Evidência 2007, vinho português sobre o qual iremos escrever algumas poucas linhas.


O produtor, coincidentemente, é o mesmo do vinho anterior e por isso, reproduzirei por aqui um pouco sobre eles: "Sobre o produtor do vinho, o Grupo Parras - Seleção de Enólogos, descobri que é uma empresa especializada na produção e seleção de vinhos de qualidade em diversas regiões de Portugal. A equipe de enologia residente, especializada nas mais diversas regiões vitivinícolas portuguesas, convida anualmente um enólogo de referência nacional ou internacional com quem partilha o projeto Parras. Tal equipe percorre anualmente o país e seleciona as melhores castas e as melhores uvas de cada região, sendo que em laboratório trabalha estas castas e traduz em seus vinhos as aspirações do mercado consumidor".

Voltemos então ao vinho alvo do post, que é um exemplar produzido a partir das castas Touriga Nacional e Tinta Roriz. Amadureceu em barricas de carvalho francês por 12 meses. Possui graduação alcoólica de 13%. Vamos então as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma cor rubi violáceo com alguma tendência ao granada. Lágrimas finas, rápidas e incolores complementavam o aspecto visual.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos vermelhos e toques florais. 

Na boca o vinho se mostrou com corpo médio, boa acidez e taninos macios. Retrogosto confirma o olfato e tem um final de média duração.

Mais um vinho para o dia a dia, muito honesto e que pode agradar aos mais diversos paladares. Acompanha bem um prato simples a base de carnes vermelhas. Vale a prova.

Até o próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário