quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Kim Crawford Sauvignon Blanc 2013: Refrescante elegância!

Com o calor que tem nos assolado em Sampa somados a falta d'água cada vez mais presente em nossas vidas, muitas vezes menos é mais. O que eu quero dizer com isso? Muitas vezes não é necessário um jantar sofisticado para que a noite seja pra lá de agradável e satisfaça entre outros, a fome e massageie o ego. Enfim, em uma noite destas resolvemos que nosso jantar seria uma versão personalizada do famoso "queijos e vinhos" e mais uma vez fiquei incumbido de tirar da adega um vinho que estivesse a altura da noite. O escolhido da vez foi o Kim Crawford Sauvignon Blanc 2013.


Formado por uma terra e clima bem incomuns, o vinho da Nova Zelândia levou apenas algumas décadas para figurar entre os favoritos entre os amantes do vinho em todo o mundo, especialmente o Sauvignon Blanc vindo de Marlborough. O país atravessa latitudes equivalentes a Itália, tem sol intenso, no entanto, o oceano circundante é frio e coloca a Nova Zelândia num espectro frio e limítrofe para o cultivo de uvas. Combinado com uma paisagem intocada e com uma robusta gama de viticultores comprometidos com práticas sustentáveis, o vinho da Nova Zelândia atinge sabores e purezas de intensidade incomparáveis. A maioria dos vinhedos do país encontram-se em vales e planícies protegidas ao longo da costa leste. Eles são todos diferentes e cada região vinícola da Nova Zelândia tem suas próprias forças. No entanto, nenhum deles tiveram um impacto maior sobre o mundo do vinho de Marlborough. Marlborough está na ponta nordeste da Ilha Sul da Nova Zelândia. Seus vales e planícies aluviais são limitadas pelo Oceano Pacífico, a leste e as montanhas em todos os lados, fornecendo abrigo que mantém esta região seca, ensolarado e quente.

As raízes de Kim Crawford Wines remontam a 1996, quando Kim Crawford e sua esposa, Erica, se apaixonaram pela idéia de iniciar uma vinícola. Determinados em transformar a sua paixão em uma realidade, Kim e Erica, tiraram a empresa do papel a partir de um quarto de hóspedes de sua casa, em Auckland Central, na Nova Zelândia. Sem possuir vinhas ou tanques, Kim e Erica produziram suas primeiras 4.000 caixas e assim nascia a Kim Crawford Wines. Com uma velocidade incrível, os vinhos da Kim Crawford wines começaram a ganhar prêmios e seguidores fiéis. Apenas dois anos após o lançamento, a Kim Crawford Wines começou a exportar para os Estados Unidos. Dentro de quatro anos, a empresa mudou-se para uma vinícola tida como o "estado da arte" em Marlborough e ali começaram a comprar e cultivar suas próprias vinhas.

Falando agora do astro principal deste post, o Kim Crawford Sauvignon Blanc 2013, tem suas uvas 100 % Sauvignon Blanc seleccionadas a partir de vinhas no Vale de Wairau (Marlborough) e seu vizinho, o Vale de Awatere sem qualquer estágio em barricas. Vamos as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma bonita cor amarelo palha com reflexos verdeais, bom brilho e ótima transparência. Lágrimas finas, rápidas e incolores também puderam ser notadas.

No nariz o vinho mostrou aromas de frutos cítricos, mousse de maracujá e notas herbáceas características do varietal.

Na boca o vinho mostrou corpo médio e uma excelente e refrescante acidez. Retrogosto confirma o olfato com um final delicioso e de longa duração.

Mais um belo vinho branco por aqui, que pode ajudar a combater o calor em dias como os que temos presenciado e que estão por vir em Sampa. Eu recomendo a prova deste vinho. 

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário