quarta-feira, 2 de março de 2016

Villa Masti Chianti Classico 2011

Sempre que me vejo as voltas com um vinho italiano da região da Toscana, muitas boas recordações me vem a mente e eu fico a sonhar com o dia em que eu possa voltar aquele solo sagrado e poder sentir mais uma vez aquele clima indescritível, ver aquelas paisagens de tirar o fôlego e me fartar em sua deliciosa culinária, sem falar é claro de me ver envolto naqueles vinhos que se tornaram queridinhos pra mim. E é diante de toda essa magia que eu trago hoje aqui no blog o Villa Masti Chianti Classico 2011.


O vinho é produzido pela Fattoria San Pancrazio, cuja sede está situada na prestigiosa Villa de San Pancrazio, no domínio de San Casciano Val di Pesa e na cidade de onde tira o seu nome, situado nas colinas suaves de Chianti, imerso no coração da Toscana e perto de Florença. A pequena e simpática propriedade familiar nasceu em 1388 como uma pequena horta com alguns pares de videiras e oliveiras plantadas pelos campos. Em 1978, a propriedade foi comprada e a partir dai que os vinhos começaram a ser o carro chefe por lá. Desde então a paixão e a filosofia de se fazer grandes vinhos se encontra enraizada nos alicerces da vinícola.

Sobre o Villa Masti Chianti Classico 2011 podemos ainda acrescentar que é um vinho feito a partir das uvas Sangiovese (90%) , Colorino e Canaiolo (10% juntas). O vinho passa então por 12 meses de envelhecimento em barricas de carvalho francês e ainda, mais 6 meses em garrafa antes de ser liberado ao mercado. Vamos finalmente as impressões?

Na taça o vinho apresentou uma coloração rubi violácea de média intensidade com bom brilho e boa limpidez. Lágrimas finas, rápidas e incolores também se faziam presente.

No nariz o vinho apresentou aromas de frutos vermelhos frescos, ervas, flores e toques de madeira. 

Na boca o vinho apresentou corpo médio para encorpado, taninos sedosos e muito frescor em virtude de uma acidez gulosa, sempre convidativa ao próximo gole. O retrogosto confirma o olfato e o final era de longa duração.

O que mais posso dizer? Mais um belo vinho italiano da toscana degustado por aqui. Serviu de fiel escudeiro para uma bela pizza em família e fez muito bonito. Eu recomendo a prova.

Até o próximo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário